Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/01/2009 13:04

Gato que tinha Bolsa Família já morreu há anos, diz dono

Angela Kempfer, Campo Grande News

O ex-coordenador do programa Bolsa Família em Antônio João, Eurico Rosa, contou hoje ao Campo Grande News que o gato Billy, que recebeu durante 7 meses o benefício, já morreu há muitos anos. “Minha mulher teve esse gato há muito tempo, quando a gente ainda estava começando o namoro”, confessa.

Sobre o escândalo que nesta semana veio à tona, Eurico diz que “se deu mal” porque não avisou a esposa sobre a fraude de ter inserido o gato no cadastro, para receber o Bolsa Família. “Ela não sabia de nada, quando o agente de saúde foi até lá em casa para perguntar onde estava o Billy, ela contou que era um gato”, detalha Eurico.

O ex-servidor público, concursado desde 2006 e exonerado depois de descoberta a “maracutaia”, diz que escreveu uma carta com pedido de desculpas à população e repassou à rádio local, a mesma emissora que em novembro deu o sinal para que a fraude fosse revelada.

Diante do sumiço da “criança” beneficiada pelo programa, a rádio começou a convocar os “pais” de Billy para a pesagem obrigatória. Como ninguém apareceu, o agente de saúde foi até a casa do ex-coordenador e a esposa acabou revelando a fraude.

Eurico conta que já recebia o benefício referente a um sobrinho da esposa, desde 2005, que realmente freqüenta o Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) e mora com o casal. Por “desespero”, ele diz que resolveu inserir também o gato. “Estava passando por sérias dificuldades financeiras, e achei que não ia dar em nada”, comenta sem detalhar quais contas eram essas.

Sobre perder o emprego, por apenas R$ 20,00 ao mês (valor da Bolsa), Eurico é curto. “Eu estava com problemas”.

Liberdade – Para o ex-coordenador, o próprio programa é de certa forma responsável por esse tipo de crime. “Qualquer gestor insere quem quiser lá. Tive liberdade e fiz, o que deve acontecer muito por aí. O problema é que eu não fiz direito”, admite.

"A gente não tem de repassar documentos para a coordenação nacional, só os dados", relata sobre a facilidade que teve para registrar o gato com o nome de Billy Siqueira da Rosa, com até data de nascimento e cartão magnético emitido para o saque mensal.

Na cidade, Eurico diz que não sofreu qualquer retaliação popular, apesar de ter perdido o emprego. O risco de prisão ou outra pena estabelecida pela Justiça é enfrentado com tranqüilidade, garante o ex-coordenador. “Só tenho de pedir desculpas, principalmente para as famílias do Bolsa”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)