Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

31/01/2007 16:11

Gasto com juros cresce mais rápido que ajuste fiscal

Agência Brasil /Daniel Merli

O Estado brasileiro vem aumentando o volume de empréstimos para pagamento de juros de sua dívida. Em 2004, foi necessário captar R$ 47 bilhões e, em 2005, R$ 63 bilhões. No ano passado, os governos federal, estaduais e municipais tiveram de ir ao mercado financeiro para conseguir quase R$ 70 bilhões.

O dinheiro foi usado para quitar o gasto com juros que não foi coberto pelo ajuste fiscal de R$ 90 bilhões feito ao longo do ano. Os dados estão em relatório divulgado hoje (31) pelo Banco Central.

O chamado “refinanciamento da dívida” também tem aumentado se comparado com o Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas pelo país.

O aumento dos gastos com juros que não são cobertos pelo ajuste fiscal tem acontecido por dois motivos. A despesa com juros da dívida subiu 25% nos últimos três anos. De R$ 128 bilhões em 2004 para R$ 160 bilhões no ano passado.

E tem crescido menos o superávit primário – bloqueio de recursos para pagar os juros da dívida. O ajuste fiscal foi de R$ 81 bilhões para R$ 90 bilhões entre 2005 e 2006. Em comparação com o PIB, o ajuste foi até menor. Ficou com 4,59% do PIB em 2004 e em 4,32% no ano passado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)