Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/01/2007 16:11

Gasto com juros cresce mais rápido que ajuste fiscal

Agência Brasil /Daniel Merli

O Estado brasileiro vem aumentando o volume de empréstimos para pagamento de juros de sua dívida. Em 2004, foi necessário captar R$ 47 bilhões e, em 2005, R$ 63 bilhões. No ano passado, os governos federal, estaduais e municipais tiveram de ir ao mercado financeiro para conseguir quase R$ 70 bilhões.

O dinheiro foi usado para quitar o gasto com juros que não foi coberto pelo ajuste fiscal de R$ 90 bilhões feito ao longo do ano. Os dados estão em relatório divulgado hoje (31) pelo Banco Central.

O chamado “refinanciamento da dívida” também tem aumentado se comparado com o Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todas as riquezas produzidas pelo país.

O aumento dos gastos com juros que não são cobertos pelo ajuste fiscal tem acontecido por dois motivos. A despesa com juros da dívida subiu 25% nos últimos três anos. De R$ 128 bilhões em 2004 para R$ 160 bilhões no ano passado.

E tem crescido menos o superávit primário – bloqueio de recursos para pagar os juros da dívida. O ajuste fiscal foi de R$ 81 bilhões para R$ 90 bilhões entre 2005 e 2006. Em comparação com o PIB, o ajuste foi até menor. Ficou com 4,59% do PIB em 2004 e em 4,32% no ano passado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)