Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/09/2011 19:34

Garoto do Mato Grosso do Sul se muda para São Paulo para disputar a Copa Coca-Cola

Márcio Rodrigo Costa Jardim
Cassilândia NewsCassilândia News

A Copa Coca-Cola – organizada no estado de São Paulo pela Coca-Cola FEMSA, é uma competição que vai além de resultados e títulos. Um dos seus principais objetivos é unir torcidas, times e comunidades, em prol da prática do futebol. Mas, o campeonato pode ser visto também como uma fábrica de sonhos para milhares de garotos e garotas de 13 a 15 anos. Esse é o caso de Matheus Dulcídio Mori Souza, camisa 10 do Botafogo de Guaianases, que fez as malas junto com o pai, a mãe e o irmão caçula, e trocou a cidade de Rochedo, Mato Grosso do Sul, em busca de conseguir a carreira de jogador profissional em São Paulo.



Para realizar o sonho de Matheus, a família Souza deixou para trás um comércio de roupas, e uma situação estável no Mato Grosso do Sul, para morar em São Paulo. “Meu guri gosta muito de jogar futebol, assim como nós também. Sabemos que é a grande vontade dele, por isso deixei o meu estabelecimento para que uma funcionária tomasse conta”, explica Dulcídio Souza, pai de Matheus.



A caminhada não é fácil, mas Matheus já conseguiu um teste para o Olé Brasil de Ribeirão Preto, clube empresa que conta com uma das melhores estruturas do Brasil, para atletas que jogam nas categorias de base. Além do seu camisa 10 na Copa Coca-Cola, o Botafogo vai enviar também mais três garotos do que fizeram parte do time na competição. “São jovens com muita qualidade técnica, mas a gente nunca sabe quem pode acabar dando certo no futebol”, analisa Edson José de Castro, relações públicas do Botafogo.



Os jovens chamaram a atenção do Olé Brasil, após boas atuações nos treinos e nas partidas da Copa Coca-Cola. O canhoto Matheus ganhou destaque por se mostrar um jogador técnico, habilidoso e participativo, requisitos fundamentais para a posição de meia na qual atua. “Inspiro-me em jogadores como o Ronaldinho Gaúcho, Ganso, Cristiano Ronaldo, Neymar e Lucas”, afirma. Na opinião de Márcia Luciana Mori, mãe do craque, a mudança para a capital paulista faz com que ele esteja mais perto de conseguir realizar o seu sonho. “Toda a nossa família está muito confiante no sucesso dele. São Paulo é uma ótima vitrine, pois tem grandes campeonatos”.



Torcedor do Corinthians, o jovem espera um dia ser jogador do seu clube de coração, embora sua paixão pelo futebol seja grande o suficiente para não se importar em jogar em um dos times rivais. “Quero atuar em algum clube que tenha categoria de base, mas que me dê a oportunidade de chegar ao principal também. Não me incomodaria se fosse o Palmeiras, o Santos ou o São Paulo”.



Apesar dos esforços de Matheus, a equipe do Botafogo não conseguiu chegar à final da etapa regional da Copa Coca-Cola, que acontece no próximo domingo (18.09). Ao alvinegro de Guaianases, resta agora a disputa pelo 3º lugar, ou contar com o apoio de sua torcida. “Infelizmente não temos mais chances de conquistar o título, mas ainda temos a expectativa de que os nossos torcedores nos classifiquem para a fase nacional”, comenta Matheus.



Copa Coca- Cola no Brasil

O torneio, anual, tem sua primeira edição disputada em comunidades de 27 cidades, reunindo mais de 10 mil atletas, distribuídos em 564 equipes, nas categorias masculina e feminina. Promovida pela Coca-Cola em mais de 20 países, a Copa Coca-Cola vai além do aspecto esportivo, propondo uma celebração das famílias e da vida saudável na comunidade.



Força das torcidas

Como a Copa Coca-Cola integra equipes e comunidades, não serão apenas os atletas que vão garantir os seus times nas fases nacionais. As cinco torcidas mais criativas, participativas e vibrantes do Brasil, avaliadas por uma comissão julgadora do campeonato, também darão às suas respectivas agremiações o “passaporte” para a etapa nacional. Neste critério, serão mais cinco vagas disputadas por todas as 27 sedes, que participam do torneio, em todo Brasil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)