Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

20/07/2007 09:53

Garibaldi quer definição de pisos salariais

Agência Senado

Dias depois de a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovar parecer favorável do senador Osmar Dias (PDT-PR) ao projeto de lei da Câmara (PLC 42/07) que define regras para correção do salário mínimo entre 2008 e 2011, o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) foi a Plenário defender a discussão de projeto de lei de sua autoria (PLS 109/05) que estabelece não só uma fórmula permanente de reajuste anual do salário mínimo, mas também pisos salariais diferenciados por categoria profissional. A matéria está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e, depois, segue para a CAE.

De acordo com o PLS 109/05 - que recebeu substitutivo do senador Paulo Paim (PT-RS) na CCJ -, o salário mínimo deverá ser reajustado em janeiro de cada ano por meio de projeto de iniciativa do Poder Executivo. A majoração proposta pelo governo será composta por correção monetária - baseada na inflação dos últimos 12 meses medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) ou similar - e aumento real - equivalente a, no mínimo, a variação positiva do PIB (Produto Interno Bruto) per capita do exercício anterior.

A proposta de Garibaldi estipula ainda que, no mesmo projeto de lei de aumento do mínimo, o Poder Executivo fixe a remuneração-base das categorias profissionais sem piso salarial definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho. Esses pisos deverão tomar por base a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), do Ministério do Trabalho, ou a Classificação Nacional de Atividades Econômicas, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), ficando proibida a diferenciação regional.

- O meu projeto prevê a revogação dos pisos regionais, que foi uma iniciativa do governo do presidente Fernando Henrique. A fixação de uma regra clara para o reajuste do piso nacional permite que trabalhadores e empregadores possam se planejar com antecedência - avaliou.

Já o PLC 42/07, que aguarda votação em regime de urgência no Plenário, determina a correção anual do salário mínimo pela inflação medida pelo INPC, mais a taxa de crescimento real do PIB apurada dois anos antes. O projeto também antecipa a data de reajuste anual do mínimo dentro do seguinte cronograma: 1º de março, em 2008; 1º de fevereiro, em 2009; e 1º de janeiro, em 2010 e 2011. O Poder Executivo fica obrigado ainda a enviar projeto de lei ao Congresso, até 31 de dezembro de 2011, estipulando a política de reajuste para o período de 2012 a 2023.

Simone Franco / Repórter da Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)