Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/10/2013 16:34

Ganhador da Mega-Sena não aparece e perde R$ 23 milhões

G1

O ganhador da Mega-Sena, que apostou em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, no Paraná, não apareceu para resgatar o prêmio de R$ 22.933.056,04 dentro do prazo estabelecido de 90 dias, segundo informações da Caixa Econômica Federal. O sorteio foi realizado em 10 de julho, e o apostador tinha até as 16h desta terça-feira (8) para retirar o dinheiro. Agora, o valor total segue para o Tesouro Nacional para aplicação no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES).

Os números sorteados em julho no concurso 1.510 foram 01 - 08 - 17 - 44 - 46 - 53. O dinheiro ficou disponível em qualquer agência da Caixa do país durante três meses, mas o prazo venceu. De acordo com o gerente regional do banco, Edilson Oliveira, não há como saber quem foi a pessoa que deixou de apanhar o prêmio. “Única forma de saber é pelo bilhete, que é uma via única. Conseguimos saber em qual lotérica foi o jogo, mas infelizmente, não tem como ver quem foi o dono da aposta”, afirma.

A gerente da lotérica do jogo premiado, Valquíria Kubisch, informou que é possível se identificar no ato da aposta. “Você pode colocar o seu nome, seu CPF e assinar o bilhete. Isso não garante que você vai receber o dinheiro, caso seus números sejam sorteados. A apresentação do bilhete é obrigatória, mas pelo menos é possível evitar com que outra pessoa receba o prêmio no seu lugar”, esclarece.

Valquíria conta que os clientes perguntaram por diversas vezes se os funcionários da lotérica sabiam quem era o sortudo. “As pessoas têm curiosidade em saber. Muitos perguntam se não tem como ver pelas câmeras de segurança, mas infelizmente, não tem como saber”, revela. Com base nas buscas realizadas na lotérica, Valquíria acredita que o vencedor fez apenas uma aposta no local.

Mistério
De acordo com Valquíria, na semana do resultado da Mega-Sena, um funcionário da prefeitura foi até o estabelecimento dizendo que era o novo milionário. “Ele falou com uma de nossas funcionárias e disse que não era para contar para ninguém que ele havia faturado o prêmio”, conta. A gerente afirma que esta pessoa nunca mais apareceu na lotérica.

Boatos do que poderia ter acontecido com o ganhador da Mega-Sena surgiram neste período. “Muitas pessoas vieram até a lotérica e diziam que a esposa deste funcionário da prefeitura lavou a calça do marido com o bilhete no bolso. Também diziam que, por causa disso, ele ficou no hospital e teve um infarto”, revela Valquíria.

Para o gerente regional da Caixa, o assunto foi encerrado com curiosidade entre os moradores de Ponta Grossa. "Vai ficar no mistério".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)