Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/10/2007 14:09

Gaeco libera advogado preso na Operação Arrego

24horasnews

O promotor de justiça do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Mauro Zaque, libertou na noite de ontem (16), o advogado Sílvio Alexandre Menezes, apontado como cúmplice de João Arcanjo Ribeiro no comando do Jogo do Bicho. “O promotor entendeu após o depoimento e esclarecimentos prestados pelo advogado, que não havia mais motivos para mantê-lo preso”, explicou o secretário do Tribunal de Defesa de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso, Luiz da Penha Corrêa.

Menezes em seu depoimento afirmou que apenas conhecia João Arcanjo Ribeiro porque residia no mesmo bairro que o “Comendador”. Afirmou também que já manteve contato com Arcanjo porque é advogado de Sílvia Shirata. No depoimento informou que já prestou serviços advocatícios para o apontador Antônio Abílio da Silva a pedido de familiares do mesmo e não a pedido de Awancio Moreira da Silva, ex-cunhado de Arcanjo apontado como gerente do Jogo do Bicho.

“A intervenção da OAB foi decisiva, mas contamos também com a receptividade do dr. Mauro Zaque e dos componentes do Gaeco”, afirmou Luiz da Penha que esteve pessoalmente conversando com o promotor acompanhado do membro do Tribunal de Defesa de Prerrogativas, Enéas Rosa de Moraes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)