Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/07/2005 13:28

Gado do Paraguai para abate no Brasil prejudica MS

Famasul Notícias

A Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), não concorda com a abertura da fronteira para entrada de boi em pé e carne com osso do Paraguai, para abate no Estado. Apesar da questão sanitária estar sob controle, a preocupação é com o mercado e a renda do produtor sul matogrossense em especial os 15 municípios peripantaneiros, além de Sete Quedas que continua com restrições.



De acordo com o presidente Léo Brito, a Famasul solicita rotineiramente a redução do valor da pauta do boi para que possa sair para outros estados, tendo pequeno avanço. No mês de junho a Secretaria de Receita e Controle baixou a pauta fiscal de R$ 62,00 para R$ 56,80, índice que continua acima do valor de mercado. Enquanto isso, a classe ruralista enfrenta outra preocupação com as manifestações para abertura da fronteira do Paraguai para a entrada de boi gordo e carne com osso, que vêem ocorrendo a praticamente há um mês.



O presidente da Famasul, Léo Brito alerta os produtores e a sociedade brasileira que o momento comercial que o Mato Grosso do Sul enfrenta não permite a importação de produtos. “Se as autoridades brasileiras querem abrir os frigoríficos, a Famasul se compromete a abastecê-los com animais do Estado, criados em propriedades rurais brasileiras, independente de quem seja o proprietário. A defesa dos produtores brasileiros, que estão no território brasileiro será constante”. Brito lembra ainda que o custo de produção, os tributos e o cambio não dão condições do produtor rural competir com colegas de outros países.



O status sanitário do Mato Grosso do Sul foi conseguido através de parcerias dos órgãos oficias com os produtores rurais, onde os produtores sempre assumem alto percentual do custo e mantém permanente vigilância, apesar da queda de renda que a cada mês se torna mais acentuada. Caso a fronteira seja aberta e comece a entrar animais de outro país, onde o custo de produção é bem menor, possivelmente o investimento em sanidade poderá cair.



Em Mato Grosso do Sul nove frigoríficos estão fechados por questões econômicas ou por terem sido adquiridos por frigoríficos maiores. A diretoria da Famasul enfatiza que não é contra a abertura desses frigoríficos, desde que seja para abater animais de Mato Grosso do Sul. “Acreditamos que a construção de novos indústrias com auxílio dos governos federal, estadual e municipais são necessárias e ações do governo do Estado auxiliando a saída de animais para serem comercializados e abatidos em outros estados, também são bem-vindas”, disse Brito.



Assessoria de Comunicação

Eudete Petelinkar

Casa Rural (Famasul, Senar, Funar)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)