Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

Últimas Notícias

02/06/2011 10:45

Funrural é declarado inconstitucional pela Justiça Federal de Campo Grande

Vanda Escalante, Campo Grande News

Conforme sentença publicada na segunda-feira (30), a juíza Janete Lima Miguel, da 2ª Vara da Justiça Federal, decidiu a favor da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) na Ação de Declaração de Inconstitucionalidade da cobrança do Funrural movida pela entidade.

A decisão contempla cerca de 20 mil produtores rurais do Estado enquadrados no sistema sindical e está sendo comemorada como “vitória importante” pela entidade. “A decisão beneficia agricultores e pecuaristas do Estado. É uma vitória contra o peso abusivo da carga tributária que onera e prejudica a atividade do setor em Mato Grosso do Sul”, diz o presidente da Famasul Eduardo Ridel, em nota distribuída pela Federação.

No entanto, a orientação aos produtores é de que o pagamento do Funrural não seja suspenso, mas depositado em juízo, uma vez que a sentença ainda pode ser objeto de recurso. O assessor jurídico da Famasul, Carlo Daniel Coldibelli Francisco, alerta ainda que a sentença não contempla pedidos de restituição, os quais devem ser solicitados individualmente.

No ano passado o frigorífico Mataboi, de Minas Gerais, obteve no STF (Supremo Tribunal Federal) decisão unânime na declaração de inconstitucionalidade do tributo. Apesar de ser uma deliberação referente a uma empresa em particular, entendimentos do STF normalmente servem de parâmetro para as decisões nas instâncias inferiores, e é o que se tem verificado nas decisões da Justiça sobre o tema.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Janeiro de 2019
09:00
Santo do dia
06:34
Cassilândia
Terça, 22 de Janeiro de 2019
09:00
Santo do dia
Segunda, 21 de Janeiro de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)