Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2006 23:08

Funcionários em greve pretendem fazer vigília

Adriana Franzin/ABr

Continuam em greve os funcionários públicos da Fundação Nacional do Índio (Funai) e dos ministérios da Fazenda, Planejamento, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Agricultura. Amanhã (18), os servidores começarão uma vigília de três dias em frente ao Palácio do Planalto na qual permanecerão das 11 às 17 horas.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Federais (Sindsef), Ricardo Jácome, a proposta feita pelo governo no último dia 12 não foi diferente da anterior: "Nós apresentamos uma contraproposta ao governo e esperávamos que o governo apresentasse alguma novidade, mas só foram discutidas perspectivas de se abrirem os debates sobre o plano de carreira".

Jácome ressaltou que essa greve ainda é conseqüência da indignação dos funcionários em relação ao descumprimento de acordos relativos aos planos de carreiras, por parte do governo, feitos no ano passado.

Segundo o presidente do Sindsef , haverá amanhã uma reunião entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e representantes dos ministérios do Planejamento e da Casa Civil para discutirem a situação dos servidores. "Nós esperamos que, a partir dessa reunião, haja uma evolução na proposta do governo, por isso, faremos a vigília", salientou. De acordo com ele, a estimativa é que mil funcionários do Distrito Federal e de outros estados compareçam à manifestação.

A assessoria da Sindsef informou que Lula convocou a reunião em função dos protestos feitos pelos funcionários durante a visita da presidente do Chile, Michelle Bachelet.

Segundo a assessoria da Sindsef, amanhã, às 10 horas, haverá também uma assembléia dos servidores do Ministério da Saúde, que pode decidir um retorno à greve. No último dia 5, os servidores da Saúde, da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e do Ministério da Previdência Social retornaram aos trabalhos depois de terem paralisado as atividades por 21 dias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)