Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/01/2010 16:57

Funcionários e frequentadores lamentam o fechamento da boate carioca Help

Isabela Vieira, Agência Brasil

Rio de Janeiro - Os frequentadores e funcionários da tradicional boate Help, em Copacabana, têm mais dois dias para se despedir da casa, que deve encerrar as atividades no sábado (9). Essa é a data limite estabelecida pelo governo estadual para que os proprietários entreguem as chaves. Ontem (6), um leilão vendeu parte dos bens da boate e arrecadou cerca de R$ 200 mil.

Muitos dos compradores estiveram hoje (7) no local para tentar levar os produtos, como fez o empresário Roberto Luiz Sixel, que comprou mesas e cadeiras. Os objetos, no entanto, só serão entregues a partir de sábado. “O tipo de material que estavam leiloando é o que eu uso na minha loja. E é uma lembrança daqui também”, disse.

No restaurante, que funciona normalmente do lado de fora da boate, ainda apareceram pessoas interessadas num possível leilão, que pode ser realizado com peças que sobraram dos 117 lotes postos à venda. As principais peças, no entanto, como dois mil discos de vinil, sofás, mesas redondas e jogos de luz já foram arrematadas.

Atendendo aos clientes habituais e os que chegam interessados no novo leilão, os garçons estão desolados. Muitos, na casa há mais de 20 anos, ainda não sabem o que fazer quando a boate fechar as portas de vez. “Em quanto a casa estiver aberta vamos estar aqui. Temos que trabalhar”, afirmou um deles que preferiu não se identificar.

O Sindicato dos Garçons e Barmens do Rio de Janeiro ainda procura uma solução. O presidente da entidade, Waltair Mendes, disse que tentará acionar a Justiça para que a Help funcione até o carnaval, mas admite que a solução mais viável é a negociação dos cerca de 200 empregos em outras empreendimentos do grupo dono da boate.

“Tentaremos com que os proprietários absorvam pelo menos parte desse pessoal na rede Windsor, que têm hotéis para serem inaugurados em vários pontos da cidade”, afirmou.

Duas garotas de programa que passaram no local para se despedir, nesta tarde, também reclamam do fechamento da boate. “É uma pena. Entre dezembro e fevereiro é a melhor época para a gente. Tem muita mulher que sustenta os filhos com isso aqui”, lamentou uma delas, que também preferiu não se identificar.

A secretaria de Cultura do Rio, responsável pela demolição da Help para a construção da nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS), informa que não há possibilidade de adiar o prazo de desocupação do imóvel e a demolição da boate começa na segunda-feira (11). Orçado em R$ 70 milhões, o museu começa a ser construído este ano ficará pronto em 2012.




Edição: Rivadavia Severo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)