Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/03/2007 07:51

Fumantes não procuram ajuda médica para deixar o vício

Agência do Rádio

O tabagismo é considerado a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Uma pesquisa divulgada, nesta semana, ajuda a entender o motivo pelo qual o número de fumantes continua tão alto. O estudo mostra que as pessoas não procuram ajuda médica para largar o vício. A pesquisa foi realizada com mais de 3,5 mil fumantes em 15 países. Entre os entrevistados, 90% afirmou que para abandonar o cigarro é preciso apenas ter força de vontade. A técnica da Divisão do Controle do Tabagismo do Instituto Nacional de Câncer, Vera Colombo,explica que a força de vontade é importante, mas o essencial é procurar ajuda médica já que o tabaco provoca dependência química.

"Não é só a força de vontade, não é só todo esse desejo muito intenso de parar de fumar. Existe também toda uma problemática ligada a uma dependência. A gente sabe que 80% dos fumantes gostariam de parar de fumar, mas apenas 3% conseguem efetivamente parar sozinhos. As pessoas param mas elas retornam, porque não conseguem se manter abstemias".

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil está na quinta colocação entre os países com maior número de fumantes. Mais de 200 mil pessoas morrem em razão do tabaco por ano. O Instituto Nacional de Câncer, Inca, oferece ajuda médica a dependentes do cigarro. Os interessados em largar o vício, podem procurar a Secretária de Saúde do seu estado para verificar onde é oferecido o tratamento.

De Brasília, Priscila Machado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)