Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/11/2011 06:31

Fronteiras com o Paraguai e a Bolívia são prioridades , diz general

Vladimir Platonow, Agência Brasil

Rio de Janeiro – A maior preocupação do governo brasileiro com a segurança são as fronteiras com o Paraguai e com a Bolívia, por causa do tráfico de drogas e armas. A avaliação é do chefe de Inteligência Estratégica do Ministério da Defesa, general Francisco Carlos Modesto, que participou hoje (3) da abertura da 7ª Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.

“Essas são as áreas prioritárias para ocupação e deslocamento de meios tecnológicos. Na fronteira com o Paraguai temos cerca de 1,5 mil homens e na fronteira com a Bolívia, o equivalente a isso. Temos que multiplicar esse poder de combate com meios tecnológicos como aviões, helicópteros, embarcações e viaturas”, disse o militar.

Para o general, as fronteiras do país estarão melhor cuidadas quando for implementado o Sistema de Monitoramento das Fronteiras (Sisfron), que está em fase de projeto final, mas ainda sem custo quantificado: “Esse sistema vai permitir que consigamos, com equipamentos, satélites e radares, monitorar a fronteira.”

As Forças Armadas têm 25 mil homens na Amazônia. Segundo o general, seriam necessários pelo menos 32 mil soldados para garantir reforço na segurança fronteiriça. “Só que isso demanda tempo, com transferências e criação de novas unidades”.

O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR), que participou da conferência, também apontou as fronteiras com o Paraguai e com a Bolívia como os principais pontos de entrada de armas e drogas, além de porta de saída para carros roubados. “De 70% a 80% das drogas que entram no Brasil chegam por ali. O Paraguai infelizmente continua um território próspero de corrupção e ali o narcotráfico domina. E a cocaína boliviana é a que inunda o nosso país, trocada por carros roubados que lá são regularizados”, disse Franceschini.

Para controlar essas fronteiras, o general Modesto destacou o uso de novas tecnologias, incluindo Veículos aéreos não tripulados (Vants). Atualmente dois desses equipamentos estão sendo testados pelo governo brasileiro para capacitar pessoal. Um está sendo usado pela Polícia Federal (PF) e outro pela Aeronáutica.

Os Vants podem voar por 16 horas, a uma velocidade de 170 quilômetros por hora (km/h) e a 6 mil metros de altura, o que dificulta sua visualização. Carregam câmeras de alta resolução, que repassam informações à equipe de terra, com poder de captar imagens em infravermelho, permitindo detectar pessoas no escuro ou escondidas sob árvores.

Satisfeito com o resultado do Vant, o general espera que o país desenvolva tecnologia própria para fabricar a aeronave. “O mais importante é nos capacitarmos para fazermos o desenvolvimento de nossos Vants. Para isso temos que adquirir capacidade tecnológica, investindo em educação. Tecnologias sensíveis nem sempre se transferem”.


Edição: Rivadavia Severo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)