Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

20/01/2018 10:40

Fotogaleria: imagens de satélite mostram desmatamento e PMA multa proprietários

Midiamax
Policia Militar AmbientalPolicia Militar Ambiental

Vistorias realizadas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) após imagens de satélite terem mostrado 594 pontos de possíveis desmatamentos ilegais em Mato Grosso do Sul levaram a autuação de dois proprietários rurais. As multas aplicadas a eles somam mais de R$ 270 mil.

As vistorias foram iniciadas nesta quinta-feira (18) pela PMA de Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. Em uma propriedade do município, os policiais encontraram duas áreas com desmatamentos ilegais. O proprietário foi autuado em R$ 159 mil.

Nesta sexta-feira (19) a PMA de São Gabriel do Oeste realizou fiscalização em uma fazenda em Bandeirantes, município 68 quilômetros distante da Capital, onde verificou uma área de 112 hectares de desmatamento sem autorização ambiental. Da área desmatada, 2 hectares eram de área protegida de preservação permanente (APP) de matas ciliares de um córrego denominado Cachoeira Branca, que corta a propriedade. As medidas foram feitas com o uso de GPS.

Segundo foi verificado pelos policiais ambientais, parte do desmatamento foi realizado há algum tempo e já havia pastagem no local. Outra parte era recente e a madeira produto do desmatamento da floresta encontrava-se em leiras no local. Além disso, devido a falta de conservação do solo, processos erosivos já se formavam, inclusive na margem do córrego. As atividades foram interditadas.

A proprietária, que reside em Campo Grande, foi autuada administrativamente e recebeu multa no valor de R$ 120 mil. Ela também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. A fazendeira também foi notificada a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

As vistorias fizeram parte da operação Cervo-do-Pantanal que investiga possíveis pontos de desmatamento ilegais levantados por imagem de satélites na bacia do rio Paraguai pelo Nugeo (Núcleo de Geoprocessamento) do MPE (Ministério Público Estadual).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)