Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/07/2004 15:28

Fórum de Pecuária apresenta proposta de Sisbov

Dourados News

O Fórum Permanente da Pecuária de Corte da CNA (Comissão da Agricultura e Pecuária do Brasil) apresentou uma proposta, no último dia 14, para que o Sisbov (Sistema de Identificação e Certificação de Origem Bovina e Bubalina) seja facultativo. Para o diretor secretário da Famasul, Ademar Silva Júnior, a flexibilização da obrigatoriedade e dos prazos do rastreamento poderão contribuir para a obtenção de avanços e aliviar o setor da produção pecuária.

"Existe um número muito grande de produtores que não estão preparados para realizar a rastreabilidade em sua propriedade, apenas cerca de 15% conseguem reastrear hoje", disse o diretor, completando que as dificuldades no processo da rastreabilidade acontecem principalmente por exigir um nível de investimento muito alto. "O produtor que não ratreou já perdeu, pois até os preços foram colocados mais baixos para o animal não rastreado", afirma. "O Sisbov facultativo fará com que aos poucos, o produtor consiga rastrear e se adequar a esse mercado", completa.

Ademar e o presidente da entidade, Léo Brito, elogiam a atuação dos políticos, como o deputado federal Waldemir Moka, que promoveu na Câmara Federal uma audiência pública sobre o assunto. "É importante que os produtores rurais e a sociedade brasileira saibam que, graças a interferência do deputado federal, Waldemir Moka (PMDB/MS), junto à Comissão da Agricultura e Política Rural da Câmara Federal, foi que conseguimos através de várias ações políticas sensibilizar o Mapa da necessidade de transformar o processo do Sisbov como facultativo e apresentar uma proposta factível e responsável para a carne sul-mato-grossense e brasileira", disse Léo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)