Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/05/2015 18:08

Foram cumpridos mandados na prefeitura e casa de servidores

MPMS

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) deflagrou, na manhã de sexta-feira (08/05), com o apoio da Promotoria de Justiça de Camapuã e servidores da Controladoria Geral da União, à segunda fase da “Operação Tempestade”, para o cumprimento de 14 (quatorze) mandados de busca e apreensão de documentos na Prefeitura de Camapuã, na residência de servidores municipais, sede de empresas fornecedoras e prestadoras de serviços ao Município de Camapuã e seus proprietários.

Apuram-se os crimes de fraudes em licitações, peculato, corrupção ativa e/ou passiva, com penas mínimas de 02 (dois) anos e máximas que podem atingir até 12 (doze) anos de reclusão e multas.

Esta segunda etapa da Operação Tempestade foi autorizada pelo Poder Judiciário de Camapuã e visa apreender documentos utilizados em certames licitatórios suspeitos de fraude ou supostamente utilizados para o desvio de dinheiro público e reforçar o acervo probatório já obtido durante o cumprimento de busca e apreensão no dia 16/04, assim como, colher depoimentos de testemunhas e investigados, dentre servidores públicos e fornecedores municipais.

Participam da operação 03 (três) Promotores de Justiça, 24 (vinte e quatro) policiais militares integrantes do GAECO e uma equipe da Controladoria Geral da União que também auxilia nos trabalhos.

Matéria de autoria da assessoria do MPMS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)