Cassilândia, Segunda-feira, 24 de Julho de 2017

Últimas Notícias

16/12/2004 09:45

FNDE lança edital para compra de dicionários

ACS - MEC

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação, em conjunto com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC), lançou ontem o edital do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) 2006 para a aquisição de dicionários que serão distribuídos gratuitamente para 138,9 mil escolas públicas, beneficiando cerca de 17 milhões de alunos de 651.874 turmas de 1ª a 4ª série do ensino fundamental das redes públicas. As obras chegarão às escolas no segundo semestre de 2005.

Até o final de 2004, o MEC deve lançar os editais para a compra de livros para o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) 2005 e o Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (Pnlem) 2007.

A principal mudança do PNLD 2006-Dicionários está relacionada ao uso coletivo dos dicionários pelos estudantes. Na sistemática anterior, cada aluno recebia um dicionário e levava-o para casa. A partir de 2005, os dicionários, dispostos em acervos específicos adaptados a cada etapa do processo de alfabetização e letramento (1ª a 4ª série), serão disponibilizados nas turmas para utilização coletiva em sala de aula. Esta sistemática possibilita a consulta a publicações diferentes, já que os acervos serão compostas de diversas obras.

Verbetes – Outra mudança é que os dicionários serão classificados em três categorias: tipo 1, com 1 mil a 3 mil verbetes; tipo 2, com 3,5 mil a 10 mil verbetes; e tipo 3, com 19 mil a 35 mil verbetes. “O formato dos dicionários fornecidos anteriormente, com 30 mil a 70 mil verbetes, não era adaptado às peculiaridades do trabalho pedagógico das primeiras séries do ensino fundamental, definidas pela Secretaria de Educação Básica do MEC”, diz o presidente do FNDE, José Henrique Paim Fernandes. “Sem dúvida, as modificações vão melhorar o uso das obras pelos estudantes e professores.”

As turmas de 1ª e 2ª séries vão receber dicionários do tipo 1, adequados à introdução das crianças a este tipo de obra, e do tipo 2, apropriados a alunos em fase de consolidação do domínio da escrita. As turmas de 3ª e 4ª séries vão trabalhar com dicionários do tipo 2 e do tipo 3. Nas redes públicas que adotam o ensino fundamental de nove anos, o primeiro grupo será formado pelos alunos de 1ª a 3ª série e o segundo grupo, pelos de 4ª e 5ª séries.

Seleção – Uma terceira modificação no programa diz respeito à escolha das obras a serem adquiridas. Antes, os dicionários aprovados na triagem do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT) e na avaliação pedagógica da Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC eram incluídos no guia de livros didáticos do PNLD, para que os professores fizessem suas escolhas. A partir de agora, a própria SEB vai selecionar as publicações que formarão os acervos, garantindo maior diversidade ao material utilizado em sala de aula.

A pré-inscrição das obras começa na próxima segunda-feira, 20, e vai até 21 de fevereiro. As obras inscritas serão avaliadas de acordo com os critérios constantes do edital, como o aspecto material, a informação gramatical, a contextualização e a grafia. O edital com as regras e os prazos para a aquisição dos dicionários está disponível no sítio eletrônico do FNDE, onde os titulares de direitos autorais também poderão fazer o cadastro e a pré-inscrição das obras. (Assessoria de Comunicação Social do FNDE)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 24 de Julho de 2017
Domingo, 23 de Julho de 2017
08:00
Receita do dia
Sábado, 22 de Julho de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)