Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

18/06/2015 07:09

FNDE e BB devem alterar modalidade de fiança em financiamento estudantil

TRF 1ª Região

 

Em decisão monocrática, o juiz federal Evaldo Fernandes determinou que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o Banco do Brasil S/A (BB) modifiquem a modalidade de fiança no contrato de financiamento estudantil de uma aluna, ora agravante, para o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (FGEDUC) deste semestre em diante. A decisão foi tomada após a análise de agravo de instrumento, com pedido de antecipação de tutela, contra decisão de primeira instância que havia rejeitado o pedido.

Na decisão, o Juízo de primeiro grau destacou que a autora não poderia optar pelo FGEDUC já na contratação do FIES, pois a mantenedora da instituição de ensino que ministra seu curso de odontologia somente aderiu à modalidade em 18/1/2014. “Logo, em virtude da inexistência de previsão normativa sobre a responsabilidade pelo ressarcimento dos valores já disponibilizados, afigura-se legítima a precaução do FNDE em não autorizar a alteração da garantia”, fundamentou.

O juiz federal Evaldo Fernandes adotou entendimento diverso do adotado em primeira instância. “Mesmo ao senso comum soa estranho vedar-se substituição da garantia. Ora, se há idoneidade na nova modalidade, não se vislumbra qualquer prejuízo aos contratantes. A Lei 10.260/2001 remete à regulamentação do MEC a implantação da garantia do FGEDUC, mas não veda a substituição de garantia no aditamento de contratos já celebrados”, explicou.

Ainda de acordo com o magistrado, “a falta de contribuições ao fundo anteriormente à substituição afigura-se uma questão de ajuste contábil, que, portanto, pode ser superada, especialmente porque é de competência do FNDE a gestão de todo o sistema”. Por fim, o relator destacou que está presente no caso o risco de lesão, “haja vista que a autora depende do aditamento do contrato para continuar seus estudos”.

Processo nº 29967-03.2015.4.01.0000/MG

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)