Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/08/2009 23:28

FMI reforça reservas do Brasil em US$ 3,9 bilhões

Stênio Ribeiro, Agência Brasil

Brasília - O Brasil vai receber US$ 3,933 bilhões do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Direitos Especiais de Saque (DES), que funcionam como “direito de saque futuro, em caso de necessidade”, conforme revelou o diretor de Liquidações e Controle de Operações de Crédito Rural do Banco Central (BC), Antonio Gustavo Matos do Vale.

Do total anunciado, US$ 3,5 bilhões serão incorporados às reservas internacionais brasileiras na próxima sexta-feira (28) e no dia 9 de setembro serão repassados os US$ 433,4 milhões restantes para reforçar as reservas no conceito de liquidez internacional, que ontem (25) fecharam em US$ 214,904 bilhões.

A diretora de Assuntos Internacionais do BC, Celina Berardinelli Arraes, acrescentou que o aporte do FMI é decorrente da aprovação do 9º Período Básico de Alocação de DES e da entrada em vigor da 4ª emenda do estatuto do fundo, no início deste mês.

Acordada no âmbito do G20 (grupo das maiores economias do mundo), a alocação relativa ao período básico resultou em aporte excepcional de US$ 250 bilhões (equivalentes a 161,5 bilhões de DES, cada um no valor de US$ 1,560741) aos países membros do FMI, de acordo com Celina.

Ela acrescentou que o objetivo da alocação “é no sentido de constituir um colchão de liquidez para ajudar os integrantes do organismo a melhor enfrentar a crise financeira internacional”. Os DES, segundo explicou, são “ativos de reserva”, criados pelo FMI com a finalidade de gerar liquidez.

A diretora do BC afirmou, ainda, que no âmbito de suas obrigações como participantes do FMI, os países com situação externa considerada “robusta e sustentável” pelo fundo podem ser chamados a dar liquidez aos DES dos países mais necessitados.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)