Cassilândia, Quarta-feira, 14 de Abril de 2021

Últimas Notícias

14/02/2021 06:20

Flhas maquiaram mãe após ser assassinada pelo pai pois não queriam ver ela feia

​Crianças ainda tentaram limpar sangue com papel higiênico e água

O Extra.net
Flhas maquiaram mãe após ser assassinada pelo pai pois não queriam ver ela feia

As duas filhas de 02 e 04 anos de idade, que presenciaram o pai matar a mãe com um tiro na cabeça, nesta sexta-feira (12), em Pereira Barretto (SP), maquiaram o rosto da mãe, já morta, porque, segundo a polícia, disseram que "não queriam ver ela feia". O crime aconteceu na casa da família após uma discussão entre o homem e a mulher. Depois de assassinar a esposa com um tiro na cabeça, o homem se matou.

De acordo com informações da polícia, as crianças ainda tentaram limpar o local com papel higiênico e água, antes de chamar um tio e contar o que havia acontecido.

A BRIGA

Um primo do homem, que estava na casa, disse que ontem ele, uma amiga e o casal estavam jantando e jogando baralho na noite de quinta-feira (11), quando os dois começaram a discutir e trocaram xingamentos. Após o desentendimento, por volta de 1h30, a mulher foi dormir. O primo levou a amiga embora e, ao retornar, conversou com o homem poucos minutos antes de ir se deitar.

Ontem (12), por volta de 11h, o ​primo do casal soube do crime pelas filhas ​dos envolvidos, que bateram na janela do quarto dele e pediram ajuda. Questionado, ele disse que não ouviu nenhum barulho de tiros sendo disparados.

​A PM foi acionada pelo rapaz e encontrou os corpos já sem vida no local. A pistola usada no crime, calibre 765, foi apreendida.

HISTÓRICO

De acordo com a delegada da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) da cidade, Carolina Tucunduva da Silva, o homem já tinha histórico violento contra a esposa. "Ele foi preso em flagrante no final de 2019, após esfaquear a esposa e ficou preso alguns meses. Depois, não houve mais ocorrências envolvendo os dois", disse.

A perícia esteve no local e coletou informações que vão auxiliar na investigação. Os corpos dos dois foram recolhidos e levados para o IML (Instituto Médico Legal) de Andradina. "Agora, será feito exame residuográfico para saber se o homem realmente matou a esposa e depois cometeu suicídio. O inquérito já está em andamento na Polícia Civil", finalizou a delegada.

As duas filhas do casal foram levadas pelo Conselho Tutelar, que deve analisar quais parentes mais próximos ficarão com as guardas provisórias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 14 de Abril de 2021
Terça, 13 de Abril de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)