Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

25/05/2016 11:00

Fisiologia do Exercício - Custo Energético Dos Exercícios

Saúde em movimento

Caminhada

A estimativa da energia consumida durante uma caminhada deverá ser desenvolvida em razão da velocidade empregada, da distância percorrida e do peso corporal do indivíduo.

A uma velocidade entre 50 a 100 metros por minuto, ou, de 3 a 6 km/h, deverá ocorrer demanda energética por volta de 0,6 kcal a cada quilômetro percorrido por quilograma de peso corporal (Di Prampero,1986; Webb et alii,1988; citado por Guedes,1995:113). Logo, matematicamente, haverá a seguinte equação:

Custo Energético da caminhada = 0,6 kcal x Distância km x PC kg

Ex.: PC = 80kg
D = 8 km

Custo Energético = 0,6 kcal x 8 km x 80 kg = 384 kcal

A princípio, em velocidades mais baixas, a demanda energética envolvida com a caminhada é menor que com a corrida; entretanto, próximo de 8 km/h a demanda energética da corrida e da caminhada deverá ser bastante semelhante. Acima dessa velocidade, o custo energético da caminhada excede ao da corrida (Thomas & Londeree, 1989).

Corrida

Em velocidades compreendidas entre 8-21 km/h, ou quando o consumo de oxigênio oscila entre 20-80% da capacidade funcional máxima do indivíduo, o custo energético da corrida pode apresentar uma função linear em relação à sua velocidade de execução.

Admitindo-se que o equivalente energético para correr 1 metro/minuto, em um plano horizontal, é de 0,2 ml.(kg.min)-¹, acima do nível de repouso de 3,5 ml de 02 (Bransford & Howley,1977; citado por Guedes,1995:114), ao multiplicar a velocidade de corrida, em metros/min., por 0,2, e adicionar o valor de repouso, obter-se-á o custo de oxigênio da corrida expresso em relação ao peso corporal do indivíduo:

VO2 = 0,2 ml.(kg.min)-¹ x Velocidade m/min + 3,5 ml.(kg.min)-¹

Exemplo:

D = 5.000m

T = 35 minutos

Vel. m/min = 5.000m / 35 min = 143 m/min

VO2 = 0,2 ml.(kg.min)-¹ x 143 m/min + 3,5 ml.(kg.min)-¹ = 32,1 ml.(kg.min)-¹

O oxigênio consumido, expresso em litros, corresponde a 5 kcal de energia.

1 L = 5 kcal

Assim, ao corrigir o custo de oxigênio pelo peso corporal e pelo tempo de duração da corrida, ajustando-se as unidades de medida se terá a demanda total da atividade.

Exemplo:

PC = 80 kg

32,1 ml.(kg.min)-¹ x 80 kg
= 2.568 ml/min

2.568 ml/min : 1000 ml
= 2,56 l/min

2,56 l/min x 35 min
= 89,6 l

89,6 l x 5 kcal
= 449,4 kcal

Ciclismo

Tanto na caminhada com na corrida torna-se necessário carregar o próprio peso corporal; logo, o custo energético dessas atividades deverá ser proporcional ao peso corporal apresentado pelo indivíduo. Contudo, na bicicleta ergométrica, o peso corporal é sustentado pelo selim da bicicleta, e o trabalho físico é determinado pela interação entre a resistência de frenagem estabelecida nas rotações dos pedais e a freqüência das pedaladas.

Existem quatro tipos de bicicletas ergométricas no mercado nacional, que apresentam as seguintes características:

Bicicleta com frenagem elétrica - A graduação de carga varia de 0 a 500 Watts.

Bicicleta com frenagem mecânica com resistência de pesos - Varia de 1 a 7 kg.

Bicicleta com frenagem mecânica com resistência do ar - Uma roda de bicicleta, com aros em forma de pás, que oferecem uma resistência ao ar progressivamente maior, conforme a força de pedalagem e o ângulo de localização.

Bicicleta com frenagem iônica - Seu mecanismo de funcionamento baseia-se na relação iônica de dois imãs.

Nas bicicletas de frenagem mecânica, onde a resistência do sistema é gerada por fricção, a tensão dos pedais é medida em quilogramas e a roda dianteira movimenta-se 6 metros a cada rotação dos pedais.

O trabalho físico deverá ser expresso em quilogrâmetros por minuto - kgm/min.

Ex.: 50 rpm x 1kg x 6 m = 300 kgm/min

Ex.: 50 rpm x 3kg x 6 m = 900 kgm/min

Nos modelos de frenagem elétrica a resistência dos pedais é oferecida por um sistema de frenagem provocado por um campo eletromagnético. É expresso em Watts, e a freqüência de pedaladas deverá permanecer mais ou menos constante entre 50 e 60 rpm.

1 watts = 6,12 kgm

O volume de O2 consumido numa atividade de bicicleta estacionária pode ser expresso pela equação:

VO2(ml/min) = Trabalho Físico (kgm/min) x 2,0 ml O2/kgm + 300 ml/min.

Natação

A demanda energética na natação, a princípio, depende da duração e da velocidade do nado e do estilo empregado; porém, a habilidade com que o indivíduo consegue nadar é fundamental.

Em comparação com as atividades físicas não-aquáticas, a natação é um exercício físico de maior demanda energética.

O custo energético para nadar determinada distância pode ser cerca de 4 vezes maior do que para correr a mesma distância (Mcardle et alli,1992).

As mulheres são 30% mais econômicas quanto ao dispêndio energético nas atividades de natação do que os homens devido à maior quantidade de gordura, que facilita a flutuabilidade do corpo na posição horizontal (Holmer,1979; citado por Guedes,1995).

Equação para Estimativa da Demanda Energética na Prática da Natação (Di Prampero,1986):

Mulheres

Demanda Energética (kcal) = 0,151 x SC (m²) x Distância (m)

Homens

Demanda Energética (kcal) = 0,210 x SC (m²) x Distância (m) .

Aeróbica

A demanda Energética na ginástica aeróbica é estimada em torno de 0,130 kcal por quilograma de peso corporal a cada minuto (Ignabugo & Gutin,1978; Léger,1982; Nelson et alii,1988; Parker et alli,1989).

Demanda Energética = massa corporal kg x tempo(min) x 0,13 kcal = kcal

Hidroginástica

Demanda Energética = 0,070 kcal por quilograma de peso corporal a cada minuto.

Demanda Energética = massa corporal kg x tempo(min) x 0,070 kcal = kcal

Fonte:Prof. Ms. Jeferson Macedo Vianna
Fone: (32) 3236-1081 / 9987-5089
e-mail: jeferson_vianna@uol.com.br
jvianna@faefid.ufjf.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Quarta, 21 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)