Cassilândia, Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

Últimas Notícias

10/08/2012 16:17

Fiscais agropecuários devem manter serviços essenciais, diz Justiça

Mapa

Brasília (10/08/2012) - O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Napoleão Nunes Maia Filho, acolheu medida cautelar impetrada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e determinou a manutenção de servidores em percentual suficiente para a regular continuidade dos serviços indispensáveis à população. A decisão foi comunicada ao Mapa nesta sexta-feira, dia 10 de agosto. O Governo havia ingressado com petição de fixação de percentual mínimo de trabalhadores por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), no dia 8 de agosto.

Com a decisão, os fiscais devem assegurar o trabalho de 100% das atividades de controle, fiscalização e de inspeção vinculadas à Coordenação-Geral do Sistema de Vigilância Agropecuária (CG Vigiagro/SDA), ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa/SDA) e ao Departamento de Sanidade Vegetal (DSV/SDA), levadas a efeito nos portos aeroportos e postos de fronteira, nos estabelecimentos de abate de animais de açougue (bovídeos, suídeos e aves), laticínios, bem como na certificação de frutas.

Mínimo de 70% de fiscais às atividades exercidas pelos seguintes departamentos e coordenações da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), na sede em Brasília, assim como nas unidades descentralizadas do ministério nas unidades da federação: Coordenação-Geral de Apoio Laboratorial (CGAL/SDA); Laboratórios Nacionais Agropecuários (Lanagros/Mapa); Coordenação-Geral do Sistema de Vigilância Agropecuária (CG Vigiagro/SDA); Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa/SDA); Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas (DFIA/SDA); Departamento de Fiscalização de Insumos Pecuários (DFIP/SDA); Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (Dipov/SDA); Departamento de Saúde Animal (DSA/SDA) e Departamento de Sanidade Vegetal (DSV/SDA).

Em caso de descumprimento, a multa a ser aplicada é de R$ 100.000,00 por dia de descumprimento da liminar, sem prejuízo da manutenção de um percentual mínimo de 30% dos fiscais federais agropecuárias no exercício das demais atividade.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 12 de Julho de 2020
Sábado, 11 de Julho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)