Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/01/2013 17:52

Fim de ano nas estradas federais tem mais de 4 mil feridos e quase 400 mortos

Thaís Leitão, Agência Brasil

Brasília – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou número bem menor de acidentes e de feridos nas estradas federais durante a Operação Fim de Ano, que começou em 21 de dezembro de 2012 e foi encerrada ontem (2), na comparação com o mesmo período de 2011.

Segundo balanço divulgado hoje (3), os acidentes apresentaram queda de 18%, considerando a proporção em relação à frota de veículos no país. Em números absolutos, os acidentes caíram de 7.946, na Operação Fim de Ano 2011/2012, para 7.040 na operação 2012/2013.

O número de feridos passou de 4.841 para 4.171, com redução de 20%, também considerando-se a frota total em circulação no país. O de mortes aumentou 3%, nesta mesma comparação, ao passar de 353 para 392.

De acordo com a diretora geral da PRF, Maria Alice Souza, a redução nos números é “bem expressiva” e pode ser explicada em parte pela entrada em vigor das novas regras que endureceram a Lei Seca.

“Essa nova lei colaborou para uma maior eficiência nas fiscalizações de alcoolemia e com certeza ajudou a reduzir o número de acidentes e de feridos, porque possibilitou novos meios de provas, e ajudou na eficiência do resultado final”, disse.

Ela lembrou que, com a mudança no Código Brasileiro de Trânsito, sancionada em dezembro pela presidenta Dilma Rousseff, podem ser usados vídeos e testemunhas para punir motoristas embriagados. Além disso, houve aumento da multa, que passou de R$ 957,70 para R$ 1.915,40. Esse valor é dobrado se o motorista for reincidente em um ano.

“O motorista está mais consciente e também com mais medo da multa que ficou mais alta e tem um valor considerável”, acrescentou.

Sobre o aumento no número de mortes durante a Operação Fim de Ano, a diretora geral explicou que está relacionado à gravidade dos acidentes, destacando que, este ano, apenas sete acidentes foram responsáveis por 36 mortes.

De acordo com o balanço da polícia rodoviária, desde a sanção presidencial da nova Lei Seca até a meia-noite de ontem, foram aplicados 70.855 testes de embriaguez, aumento de 181% em relação à operação anterior. Ao todo, 1.716 motoristas foram multados, 132% a mais do que um ano antes. Entre eles, 723 foram presos.

Edição Beto Coura

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)