Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/10/2004 14:10

Fim da rastreabilidade deve render economia de R$ 100 mi

Famasul Noticías

O fim da rastreabilidade obrigatória para os pecuaristas pode render uma economia de até R$ 100 milhões no custo com o processo para o produtor rural de Mato Grosso do Sul. A notícia sobre o Sisbov facultativo chegou ontem (21) para a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) através do Fórum da Pecuária de Corte da entidade que participou de uma reunião na Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).



Os cálculos dos ganhos foram feitos pela equipe técnica da Funar (Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural), através de uma solicitação da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). Hoje, o Estado tem aproximadamente um terço do seu rebanho rastreado.



Apesar dos valores serem diferentes, o pecuarista terá um ganho se optar pela rastreabilidade. Conforme o presidente da Famasul, Léo Brito, a rastreabilidade obrigatória havia abaixado os preços da arroba não rastreada e o produtor que tinha seu gado no Sisbov não recebia a mais por ele. “Se recebíamos antes R$ 60,00 pela arroba quando não havia Sisbov, passamos a receber R$ 5,00 a menos para os gados não rastreados, enquanto o boi rastreado passou a valer R$ 60,00, ou seja, o produtor que optou pela rastreabilidade não ganhou nada”, explicou o presidente, frisando que o valor do boi deve subir se estiver no Sisbov.



Os economistas fizeram o cálculo através do número de abate em Mato Grosso do Sul. Com o fim do Sisbov obrigatório, o pecuarista ganha um poder de barganha de R$ 388 milhões entre o gado rastreado e não rastreado, considerando o macho com 17 arrobas e fêmea com 13,5. “Nós não somos contra a rastreabilidade, só queremos uma alternativa e também ter poder de barganha para os nossos produtos”, esclareceu Brito.



Hoje, a arroba do gado rastreado está em R$ 60,00, enquanto a do não rastreado cerca de R$ 54,00. O custo para rastrear é de aproximadamente US$ 2 por cabeça. Mato Grosso do Sul é o estado com o maior número de gado no Sisbov. “Os produtores vão continuar cuidando da sanidade do seu rebanho. Nós temos um compromisso com o consumidor com a qualidade e a segurança alimentar”, frisou o presidente da Famasul.



A expectativa é de que a arroba do gado não rastreado suba para R$ 60 enquanto a do não rastreado chegue a R$ 64.



A rastreabilidade facultativa foi um pleito da Federação da Agricultura ao Ministério da Agricultura. A rastreabilidade é uma exigência somente do Mercado Comum Europeu e estava atingido a todos os produtores, indistintamente de produzirem para exportação ou não.



Em relação às exportações, permanece a exigência dos frigoríficos de comprarem animais para abate registrados no Sisbov há pelo menos 40 dias. Também será mantida a exigência de registro dos animais importados. A regulamentação das novas normas de rastreabilidade será editada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento nos próximos dias.


Autor:
Fabiane Sato

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)