Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

12/08/2013 13:31

Filial do Hospital do Câncer de Barretos abre 4ª feira em Campo Grande

Aline dos Santos, Campo Grande News
Instituto de Prevenção fica no bairro Aero Rancho. (Foto: Marcos Ermínio)Instituto de Prevenção fica no bairro Aero Rancho. (Foto: Marcos Ermínio)

Filial do Hospital do Câncer de Barretos, referência nacional no tratamento contra a doença, o Instituto de Prevenção Antônio Morais dos Santos abre as portas na próxima quarta-feira em Campo Grande. Também já está na Capital a unidade móvel, que vai circular pelos bairros.

A inauguração será às 9h do dia 14. Antes, o diretor do Hospital do Câncer de Barretos, Henrique Prata, e a família Morais, que doou o dinheiro para a construção do imóvel e aquisição da carreta, participam de entrevista coletiva.

Localizado na avenida Thirson de Almeida, bairro Aero Rancho, a unidade foi erguida com a doação de R$ 12 milhões desembolsada pelo pecuarista Antônio Morais dos Santos. O instituto terá capacidade para realizar 8 mil procedimentos por mês. Serão oferecidos exames para rastrear o câncer.

O instituto tem foco no diagnóstico e prevenção, sem tratamento contra o câncer. Para fazer o procedimento, o paciente deve se enquadrar na faixa etária em que os exames preventivos são recomendados. A unidade será “portas abertas” e com atendimento 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Os serviços prestados serão: exames para rastrear de câncer de colo uterino, com tratamento de lesões precursoras; câncer de mama, com realização de mamografia digital, estereotaxia, ultrassonografia e core biopsy (técnica de biópsia); diagnóstico de câncer de próstata, com realização de PSA, ultrassonografia e biópsia guiada. Os casos de câncer diagnosticados serão encaminhados aos serviços de referência para tratamento oncológico das redes municipal e estadual de Saúde.

A doação milionária foi oficializada em agosto de 2011. Na ocasião, o pecuarista declarou que há muito tempo queria fazer um hospital do câncer para atender a população menos favorecida.

Em 2010, Antônio Morais doou R$ 15 milhões para o Hospital do Câncer de Campo Grande, administrado pela Fundação Carmem Prudente. Passado um ano, ele desistiu do projeto. A principal exigência não atendida pela direção foi a garantia de que o prédio não pudesse ser usado para outra finalidade, nem vendido ou penhorado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
Sábado, 19 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Sexta, 18 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)