Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/10/2015 15:25

Filha da cuidadora da Casa de Apoio de Barretos faz uma revelação

Redação

O departamento de jornalismo da Rádio Patriarca recebeu e-mail de Ana Carolina, filha da dona Léia, cuidadora da Casa de Apoio de Barretos. Ela faz uma revelação. Vale a pena ler:

Meu nome é Ana Carolina, tenho 20 anos e sou a filha da Gisléia, que na verdade é conhecida como “Dona Leia”.
Há alguns dias ouve uma repercussão muito grande sobre a casa de apoio de Barretos, sobre fechamento e cortes de gastos.


E venho por essas palavras explicar o porquê de tantas pessoas defendem com unhas e dentes, a dona Leia e casa de apoio que ela trabalha.


Não é nada fácil descobrir que está com câncer ou que uma pessoa querida está. A quase 4 anos atrás minha vó materna que já é falecida, foi diagnosticada com a câncer terminal. Nossa família ficou arrasada, pois não podíamos fazer nada, e logo em seguida começou as incansáveis viagens a Barretos. Lembro-me, que minha mãe ficava meses em Barretos, apenas nos mandando noticias. Foi muitos anos de sofrimento e luta, e infelizmente minha vó não agüentou. Logo que minha vó faleceu, minha mãe conseguiu o serviço na casa de apoio em Barretos, e então se mudou para trabalhar.


Quando você descobre uma doença dessas, a família e a pessoas fica extremante abaladas, psicologicamente e emocionalmente. Câncer se tornou um nome tão pesado, que quando dito já vem uma carga de dores.
Minha mãe entende exatamente o que acontece com essas pessoas, e quando qualquer pessoa chega a Barretos é acolhido antes de descer no ônibus, ela espera todas as segundas e sextas bem cedo no portão da casa com uma roupa florida de costume e com uma xícara de café.


A casa de apoio de Barretos se tornou uma família, com varias pessoas diferentes, porém que passam pela mesma situação. Existem casos que as pessoas devem ficar hospedadas por quase 3 meses por conta do tratamento. E minha mãe faz de tudo para que elas se sintam a vontade, se sente confortáveis, e que tenha amigos para conversar e também dar apoio.


Entendo que nossa prefeitura está passando por transtornos de organização, e acredito eu que agora devemos organizar o que não está certo. E o que está ocorrendo bem deixar continuar.

NR: o e-mail foi enviado antes da decisão do prefeito de manter a casa de apoio.

Eu acho que essa ideia de "fechar" a casa de apoio não deveria nem surgir. Quantas e quantas pessoas passaram por esse problema de câncer, e ainda tem muitos que passaram. Essa doença não escolhe pessoa não, então todos devem ter a noção que não se deve fechar esse tipo de APOIO que as famílias recebem ao chegar na casa, tanta coisa nessa cidade que pode ser cortada, é incrível querer colocar a casa de apoio na lista de cortes. Sobre a Léia, só tenho a dizer que ela é uma mulher incrível, que na verdade não trabalha na casa de apoio, ela VIVE a casa de apoio, pois o que ela faz pelo próximo não é qualquer um que faz, ela é uma mulher abençoada e nós temos o privilégio de tê-la na casa de apoio.
 
Anna Machado em 22/10/2015 10:40:01
Fiquei emocionada ao ler esta matéria e confesso que não consigo entender a atitude de um gestor em suspender o atendimento em uma casa que dá suporte às pessoas em tratamento médico, ainda mais em caso de doença tão grave que afeta fisicamente e psicologicamente o paciente e toda sua família. Acho que um prefeito e seu respectivo secretário de saúde ao assumir seus cargos deveriam fazer uma viagem juntamente com os pacientes no mesmo veículo e acompanhar suas necessidades, porque esses problemas são antigos. É o mínimo que um paciente precisa ter é um tratamento digno com a melhor assistência possível.
 
Ana Regina Arantes em 22/10/2015 09:11:36
Quero aqui agradecer a "Léia" pelo carinho, amor, paciência que ela tem com todos as pessoas que precisa da "Casa de Apoio", Eu não tenho nem palavras pra agradecer tudo o que ela tem feito pelo meu tio e pela minha mãe, Obrigado!
 
GIANE MARIANA em 22/10/2015 07:49:59
Quero aqui em nome de todos os filhos do senhor Leonildo Alves dos santos, conhecido como senhor Lió do Indaiá do sul. Parabenizar a senhora Léia, por todo carinho e atenção dedicado ao nosso pai quando ficou na casa de apoio de Barretos. Talvez não existam palavras suficientes e significativas que nos permitam agradecer você com justiça e o devido merecimento. Sua ajuda e seu apoio foram para nós de valor inestimável.
Que o Universo te cubra de bênçãos e seja sempre muito feliz. Beijos e saiba que seu trabalho e carinho é fundamental na recuperação de todos o usuários desta casa de apoio.
com carinho e muita gratidão:
Osenilda Alves de Souza
 
Osenilda Alves de Souza em 21/10/2015 22:15:08
Conheço a familia de Ana carolina,a Gisleia e sua falecida avó d. Zilda uma mulher bonita, trabalhadeira e honrada, que trabalhou alguns anos na santa Casa de Cassilandia, cuja vida foi ceifada por um cancer com o qual ela lutou bravamente.Participei do sofrimento das filhas e netas de D. Zilda.parabens Gisleia e filhas que agora ajudam as outras pessoas com a mesma doença,na casa de apoio em barretos.




 
maria aparecida cano lopes em 21/10/2015 21:04:00
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)