Cassilândia, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

11/09/2007 19:34

Fiesp e economistas defendem o fim da CPMF

Sabrina Craide/ABr

Brasília - O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, entregou hoje (11) um manifesto contrário à continuidade da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) com 1,2 milhão de assinaturas. As folhas com as assinaturas foram levadas em carrinhos de supermercado à audiência pública da Comissão Especial criada para analisar a proposta de prorrogação da CPMF e entregues ao relator deputado Antonio Palocci (PT-SP).



Segundo Skaf, a carga tributária no Brasil já é muito elevada e o governo federal está tendo um aumento de arrecadação que permitiria acabar com a CPMF sem prejuízo para os programas sociais e para a saúde. “A sociedade brasileira não quer mais impostos, ela quer melhores serviços, melhor gestão dos gastos públicos, redução de gastos e desperdício”, afirmou.

Ao comentar uma proposta do deputado Antonio Palocci de não mexer na CPMF e em contrapartida trabalhar na desoneração da folha de pagamento, Skaf disse que não se pode trocar o certo pelo duvidoso. “A sociedade brasileira não vai trocar o fim da CPMF, que está previsto na lei, por eventuais discussões sobre desonerações, que não têm nada de concreto”, disse.

Ele ressaltou que a extinção da CPMF não deve preocupar os investidores, pois a confiança do Brasil não está na redução da carga tributária, mas no aumento das despesas. “Em termos de imagem, a preocupação é muito maior com o ajuste fiscal, com o crescimento dos gastos públicos, do que com a extinção de um imposto”, disse.

O economista Raul Velloso, especialista em finanças públicas, defendeu na Comissão Especial que o fim da CPMF poderia promover a redução da carga tributária e oferecer maior potencial de crescimento da economia e o aumento da arrecadação de outros tributos.

Ele alertou que a redução de qualquer imposto no Brasil teria que, necessariamente, estar atrelada à redução de gastos. “Sem isso, eu temo que passe uma impressão complicada para um país como o nosso, que tem a dívida e a situação fiscal que tem. Isso pode trazer um solavanco necessário para o país”, disse.

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, Gilberto Amaral, a CPMF é o pior imposto do país, especialmente por seu efeito cumulativo. “A CPMF incide reiteradas vezes sobre a mesma movimentação financeira, e tem um efeito perverso. Ela taxa todos os produtos e serviços de maneira igual. E é pior para os pobres”, disse Amaral.

Segundo ele, os brasileiros trabalham sete dias por ano só para pagar a alíquota. “A CMPF é o único dos tributos que afetam a renda, o patrimônio e o consumo”, destacou.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 22 de Outubro de 2018
Domingo, 21 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Sábado, 20 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Sexta, 19 de Outubro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)