Cassilândia, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

25/01/2008 09:47

Fiems pede para Agepan avaliar mudança na tarifa de luz

Fernanda Mathias/Campo Grande News

A Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) informou que vai encaminhar nesta sexta-feira um ofício para a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) para que o órgão regulador avalie os argumentos da Enersul para suspensão de programa que possibilita tarifa menor de energia elétrica.

Segundo a Fiems, a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) comunicou às indústrias do Estado que o programa Energia Extra será extinto em fevereiro. Ele possibilitava aos grandes consumidores a aquisição de energia no horário de ponta a preços inferiores às tarifas homologadas pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O presidente da Fiems, Sérgio Marcolino Longen,quer da Agepan uma avaliação técnica dos argumentos apresentados pela concessionária de energia para suspender o programa. A intenção, afirma, é saber se há alguma retaliação para o setor industrial por conta da atuação que a entidade no processo que culminou na redução da tarifa de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, em 2007.

Para ele, a suspensão do programa teria ser avisada com mais antecipação, para que as indústrias encontrassem outras alternativas. De acordo com a Fiems, no comunicado enviado aos grandes consumidores de energia, a Enersul alegou que iria pôr fim ao programa devido à disponibilidade de energia do Proinfa - Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia – estar muito aquém dos valores programados originalmente pela Eletrobrás.

Além disso, informa a entidade, a concessionária de energia aponta ainda a inexistência de oferta de energia para 2008 no leilão realizado no dia 6 de dezembro do ano passado e a elevação sensível dos preços de curto prazo em função do baixo volume de chuvas verificado a partir de outubro de 2007 nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, atingindo, no momento, patamares acima de R$ 500 por MegaWatts/hora (MWh).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 20 de Setembro de 2017
Terça, 19 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 18 de Setembro de 2017
22:10
Loteria
Domingo, 17 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)