Cassilândia, Sexta-feira, 26 de Maio de 2017

Últimas Notícias

11/06/2008 14:47

Fiems encomenda estudo econômico para avaliar fuso de MS

Sandra Luz - Campo Grande News

A Fiems (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul) encomendou uma pesquisa para identificar as implicações sobre a diferença de fuso horário entre Mato Grosso do Sul e Brasília. O estudo vai conhecer os prejuízos econômicos à atividade industrial do Estado, que está 1 hora atrasado em relação ao horário de Brasília.

Conforme o presidente da Fiems, Sérgio Longen, a diferença provoca a perda de 2 horas diárias de trabalho, um dia por mês e quase um mês ao ano. “Isso é prejuízo econômico e atraso nos processos produtivos de Mato Grosso do Sul”, afirmou por meio de assessoria de imprensa.

Além dos prejuízos econômicos, o estudo vai apontar quais os horários de maior dano solar para as pessoas e quantos moradores do Estado vieram das regiões que adotam o horário oficial.
Hoje, há um projeto tramitando no Congresso Nacional, para a adequação do horário de Mato Grosso do Sul ao de Brasília do senador Delcídio do Amaral (PT) e de Jayme Campos (DEM/MT), apresentou no Congresso Nacional uma proposta para alterar o horário do Estado.

A federação lançou a campanha “Chega de Atraso – Mato Grosso do Sul na Hora Certa”, cujo objetivo é conseguir apoio para adiantar os ponteiros do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 25 de Maio de 2017
13:00
Dicas de segurança
Quarta, 24 de Maio de 2017
14:40
Cassilândia
13:00
Dicas de segurança
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)