Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/04/2012 14:44

FGV: Agricultura brasileira encolheu 5,6% em uma década

Guilherme Barros - Portal Terra

A agropecuária brasileira, em matéria de área total dos estabelecimentos, encolheu 5,6% em todas as regiões, com base na comparação dos censos de 1995/1996 e 2006.

A principal queda foi no Sudeste, que apresentou uma redução de 14,3%, um percentual considerado surpreendente, já que na região estão importantes estados produtores.

A pesquisa foi feita por Mauro de Rezende Lopes, do IBRE da FGV, a partir da revisão feita pelo IBGE dos dados do mais recentes do Censo Agropecuário.

Os médios produtores foram os que apresentaram o maior encolhimento, com uma queda de 8,7%; já no caso dos grandes, o encolhimento foi de 7,5%.

Em seu trabalho, o economista não registra aumento na área total dos estabelecimentos dos pequenos produtores, o que o leva a por em dúvida sobre a contribuição dos programas de reforma agrária.

A região Norte foi a que cresceu mais rápido, com um aumento de áreas de lavouras de 95,3%; acima do Centro Oeste, que ficou com 78,9%.

De acordo com a pesquisa, há 10,7 milhões de hectares de terras degradadas que podem ser utilizadas sem se desmatar a Amazônia. O trabalho mostra também um encolhimento de 26,2% da pecuária bovina.

Outra conclusão foi a de que as classes A/B respondem pela grande maioria da produção agropecuária.

As classes A/B produzem 57,5% do feijão; 81,5%do arroz; 74,6% do milho; 80,1% do trigo; 66,5% da mandioca; e 83,9% da batata.

As classes D/E produzem 19,6% do feijão; 6,3%do arroz; 9,6% do milho; 4,8 do trigo; 14,7% da mandioca; e 5,4% da batata.

As classes A/B produzem 57,5% do feijão; 81,5%do arroz; 74,6% do milho; 80,1% do trigo; 66,5% da mandioca; e 83,9% da batata.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)