Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/08/2006 14:23

FGTS poderá ser aplicado em fundo de infra-estrutura

O trabalhador poderá aplicar parte do dinheiro que tem depositado na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em um fundo que o governo quer criar para financiar obras de infra-estrutura, informou o jornal O Estado de S. Paulo.

O projeto, que está sendo tocado pelo ministro do Trabalho, Luiz Marinho, deverá ser submetido à aprovação do Conselho Curador do FGTS no dia 28. Se isso se confirmar, a proposta deve ser encaminhada, na forma de projeto de lei, ao Congresso Nacional em novembro.

A intenção do governo é destinar até 80% do saldo líquido do FGTS (hoje em R$ 20 bilhões) para financiar novos projetos de infra-estrutura, o que permitiria investimentos de até R$ 16 bilhões na construção de rodovias, ferrovias, portos e obras de energia elétrica e saneamento.

Segundo Marinho, esse montante deverá ser engrossado com as cotas que serão oferecidas aos trabalhadores cuja conta no FGTS tenha saldo positivo. A idéia é permitir o uso de até 20% do saldo de cada conta para a compra de cotas do fundo setorial.

O principal atrativo é que essa aplicação deve proporcionar taxa de remuneração maior do que a das contas do FGTS, hoje corrigidas pela TR mais 6% ao ano.

A proposta prevê aplicação imediata de R$ 5 bilhões em infra-estrutura, evoluindo gradualmente até 80% do patrimônio líquido do FGTS. A participação do fundo no financiamento será de até 30% do custo total do projeto, por meio de aquisição de ações ou debêntures.

Hoje, o FGTS tem ativo total de R$ 175,7 bilhões, incluindo os créditos a receber de empréstimos contratados para habitação e saneamento. Ainda que os trabalhadores sacassem todos os seus recursos das 59,6 milhões contas ativas existentes no fundo, os R$ 20 bilhões de patrimônio líquido continuariam disponíveis.


Terra

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)