Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/12/2008 14:58

Fetems se reúne com PGE para discutir impacto do piso

Ângela Kempfer - Campo Grande News

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, e o secretario de políticas municipais da entidade, Amarildo do Prado, estão reunidos na Procuradoria Geral do Estado, com o procurador Rafael Coldibelli.

Os três discutem planilhas apresentadas pela Fetems, com projeções do impacto para o Estado com a implantação da lei do Piso do Magistério.

O estudo foi feito pela Federação, com detalhes, inclusive, sobre reflexos com tmepo maior para os professores fazerem palnejamento. Segundo o levantamento da entidade, a folha passaria de R$ 40 milhões para R$ 45 milhões, apenas com professores da categoria magistério, sem contar os especialistas. Também seria necessária a contratação de cerca de 1.900 novos professores, número já cogitado pelo próprio governo.

A reunião de hoje é a terceira etapa de negociação entre professores e governo sobre a implantação do piso de R$ 950,00 e aumento de 20% para 33% da caraga horária destinada ao planejamento, desde que o governador André Puccinelli, além de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará entran com Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei.
Na sexta-feira passada, o Sindicato dos Servidores do Magisério de Curitiba apresentarm requerimento ao STF para acompanhar o processo, assim como outras 16 entidades do Ceará.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)