Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/05/2004 20:11

Fetems promove debate sobre reforma universitária

Dourados News

Reforma Universitária em Debate. Este é o título do evento que a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) promove amanhã, a partir das 13 horas, no Teatro Glauce Rocha, na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), com a presença dos debatedores Luciana Genro (deputada federal - RS), Rafael Pops (vice-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes) e o professor Antônio Carlos Osório (coordenador do Programa de Pós-graduação em Educação da UFMS.

De acordo com a presidenta da Fetems, Mara Carrara da Silva, este debate está intimamente ligado à Educação Básica, onde encontra-se a base da entidade. Para ela, "discutir com propriedade a reforma universitária só é
possível considerando-se as demandas da Educação Infantil, do Ensino Fundamental (de1ª a 8ª séries) e do Ensino Médio (1ª a 3ª séries), sem esquecer da alfabetização de jovens e adultos. A Educação não pode ser
entendida como algo estanque, ela é um processo contínuo que tem início ainda na Educação Infantil.

Portanto, é necessário considerar as demandas dos níveis anteriores e formular uma política educacional para o País, que contemple o fortalecimento e a qualidade da Educação Básica, para depois pensar em uma sólida e encadeada reforma universitária", afirma a dirigente.

A Federação defende que o governo invista mais recursos em Educação Pública - saindo dos 4,7% do PIB ao ano para chegar a 7%. Também advoga que seja feita uma reformulação dos projetos pedagógicos e que a valorização dos trabalhadores da Educação Básica seja fator integrante de uma ampla reforma educacional. Mara também lembra que não se pode descuidar da garantia de uma remuneração adequada às responsabilidades dos educadores, especialmente para com os alunos e a sociedade de uma maneira geral. Por outro lado, aponta a
presidenta, é preciso que se cuide das próprias condições do Ensino Superior, em especial das licenciaturas, indispensáveis à qualificação docente.

Autonomia financeira, didática e administrativa da universidade; qualidade como sinônimo de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão; avaliação universitária em sua plenitude, gestão democrática e participação
paritária de todos os segmentos da comunidade universitária, garantia de acesso e permanência; além de outras questões, também são pontos que a Fetems defende para a reforma universitária.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)