Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/11/2007 14:15

Fetems e Governo não chegaram a um acordo sobre eleições

Paulo Fernandes - Campo Grande News

Após duas horas de reunião, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e a secretária Nilene Badeca (Educação) não conseguiram, ainda, entrar em acordo sobre qual a fórmula mais correta para a seleção de diretores das escolas da rede estadual. O ponto de discórdia continua sendo a avaliação dos candidatos ao cargo.

Apesar do impasse, o presidente da Fetems, Jaime Teixeira, disse que a reunião realizada hoje trouxe vários avanços e afirmou que amanhã (29) será concluída a etapa de tratativas com o Governo com relação ao documento que será enviado à Assembléia Legislativa. “Ou conseguimos entrar em acordo amanhã, ou eles mandam como eles tinham definido, sem consenso”, disse Teixeira. Os diretores da Fetems voltam a se reunir na quinta-feira com a secretária de educação, em horário ainda não definido.

O presidente da Fetems explicou que o Governo não descartou a possibilidade de aceitar a nova proposta dos trabalhadores da educação que admitem a avaliação dos diretores desde que ela não seja de caráter eliminatório.

Hoje, os votos dos alunos representam 33% do resultado da eleição, os dos professores e funcionários (juntos) têm igual peso e o dos pais também equivale a 33%. Pela sugestão da Fetems, a nota no exame seria um 4º quesito, mudando os pesos dos votos de cada parte para 25%. “Ela (a secretária Nilene Badeca) pediu mais um dia para fazer simulações dessa proposta”, disse Teixeira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)