Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/11/2005 08:28

FESA paga indenização ao proprietário da fazenda Vezozzo

A Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (FUNAR), que gerencia o Fundo Emergencial para a Defesa da Saúde Animal de Mato Grosso do Sul (FESA), entregou ao senhor Luiz Henrique Vezozzo, responsável pela Fazenda Vezozzo, localizada em Eldorado (MS), o cheque referente à indenização por ter seu gado abatido em decorrência dos focos de febre aftosa em seu rebanho.



O cheque referente à indenização foi entregue pelo superintendente da FUNAR, Elúsio Guerreiro de Carvalho.



Procedimento para pagamento

A indenização depende de dois laudos apurados, um pela Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) e o outro pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por intermédio da Superintendência Federal de Agricultura (SFA).



A SFA, após avaliação da ocorrência de febre aftosa, encaminha à FUNAR cópia do processo de indenização com parecer jurídico. A IAGRO também segue o mesmo procedimento, encaminhando um laudo confirmando que o produtor, dono do gado sacrificado na propriedade interditada, tem direito à indenização.



A FUNAR encaminha, em caráter de urgência, o processo para apreciação e decisão do Conselho Deliberativo do FESA/MS. Esse Conselho tem dez dias úteis de prazo, após o recebimento de toda a documentação, para se reunir, analisar e emitir parecer aprovando ou não o pagamento da indenização solicitada





Fabiane Sato

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)