Cassilândia, Sábado, 25 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

09/11/2005 08:28

FESA paga indenização ao proprietário da fazenda Vezozzo

A Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (FUNAR), que gerencia o Fundo Emergencial para a Defesa da Saúde Animal de Mato Grosso do Sul (FESA), entregou ao senhor Luiz Henrique Vezozzo, responsável pela Fazenda Vezozzo, localizada em Eldorado (MS), o cheque referente à indenização por ter seu gado abatido em decorrência dos focos de febre aftosa em seu rebanho.



O cheque referente à indenização foi entregue pelo superintendente da FUNAR, Elúsio Guerreiro de Carvalho.



Procedimento para pagamento

A indenização depende de dois laudos apurados, um pela Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) e o outro pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por intermédio da Superintendência Federal de Agricultura (SFA).



A SFA, após avaliação da ocorrência de febre aftosa, encaminha à FUNAR cópia do processo de indenização com parecer jurídico. A IAGRO também segue o mesmo procedimento, encaminhando um laudo confirmando que o produtor, dono do gado sacrificado na propriedade interditada, tem direito à indenização.



A FUNAR encaminha, em caráter de urgência, o processo para apreciação e decisão do Conselho Deliberativo do FESA/MS. Esse Conselho tem dez dias úteis de prazo, após o recebimento de toda a documentação, para se reunir, analisar e emitir parecer aprovando ou não o pagamento da indenização solicitada





Fabiane Sato

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Novembro de 2017
Sexta, 24 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 23 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)