Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/11/2004 13:33

Fertilização in Vitro será tema de palestra

FamasulNoticías

Pioneira na FIV (Fertilização in Vitro) de Bezerros em Mato Grosso do Sul, a Vitrogen promove no dia 16 de novembro palestra abordando o assunto, dentro da programação da Expoinel MS, em Campo Grande. O evento será às 19 horas no auditório do Parque de Exposições Laucídio Coelho. Quem fala é o supervisor técnico da empresa, Márcio Leão Ferraz. “Quero apresentar alguns aspectos técnicos e comerciais dessa biotecnologia. Na verdade para a região de Campo Grande não existe mais uma grande desconfiança, porque a técnica já é trabalhada há bastante tempo no mercado, mas é sempre bom falar sobre o assunto porque se existirem mitos podemos elucidar”, explica. O crescimento que a Vitrogen vem registrado anualmente na Capital da Pecuária tem sido de 100% segundo a direção da empresa. Segunda das sete cidades que receberam unidades da Vitrogen, Campo Grande é a que tem os números mais expressivos. “Em todo o Brasil a FIV tem crescido fantasticamente. O País é o maior produtor de embriões de bezerros através da Fertilização in Vitro”, afirma Ferraz. O grande receio que ainda permeia o setor produtivo, afirma, são os custos, em função da receptora e não da técnica, mas o veterinário afirma que é preciso ver como investimento e não gasto. A relação de custo e benefício depende muito do produto, mas já é vantajosa para animais avaliados em R$ 3 mil a R$ 4 mil. O custo por fêmea aspirada é de R$ 340,00 e de R$ 85,00 por embrião, o que significa uma média de R$ 450,00 a R$ 500,00 por prenhez. O custo em dólar barateou em seis vezes nos últimos cinco anos , de US$ 600,00 a cerca de US$ 160,00. Não foi só essa a evolução apresentada. “No começo suávamos bastante para ter um índice de prenhez de 30% e hoje estamos trabalhando acima de 40% de taxa de prenhez, na média anual, contando perdas. Na época das águas receptoras muitos boas chegam até a 50%”, afirma. Mundialmente está entre os melhores índices. Além de abordar a técnica, Ferraz vai falar em sua palestra sobre o que classifica de “cenas dos próximos capítulos”, ou seja, as tecnologias que estão por vir e as que estão próximas de se tornarem mais acessíveis aos produtores. A clonagem já é uma realidade, assim como uso de marcadores de DNA para testes de pureza racial e trabalhos desenvolvidos na área de trangenia. “Nos últimos anos experimentamos uma evolução muito grande nas técnicas de reprodução, começando pela Inseminação Artificial”, avalia o veterinário. No caso da clonagem, segundo a Vitrogen, o custo do procedimento é elevado, de R$ 66 mil e o criador recebe três clones. A técnica, explica o diretor André Dayan, ainda não é totalmente dominada, mas já está controlada. As perdas a serem computadas são muitas, mas o grupo de tentativas grande. Das prenhezes confirmadas 50% se perdem até o nascimento e do total que resta, outras 50% no momento do nascimento, o que significa que somente 25% nascem vivos e saudáveis. Dos animais, 20% podem apresentar sintomas precoces de animais mais velhos o que ocorre entre 5 a 10 anos de vida, quando a produção do bovino já é considerável. A grande vantagem da técnica é a possibilidade de reeditar animais consagrados e de grande valor de mercado.


Autor:
Divulgação

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)