Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

03/12/2005 08:45

Ferrugem asiática é identificada em mais dois municípios

Humberto Marques / Campo Grande News

Mais dois focos de ferrugem asiática na soja foram confirmados hoje pela Fundação MS. Desta vez, a doença foi identificada pela entidade nos municípios de Aral Moreira e Antônio João, depois de já ter sido encontrada em lavouras de Chapadão do Sul e Dourados. O diretor-executivo da fundação, Edson Pereira Borges, recomenda aos produtores que tenham suspeitas de ferrugem em suas propriedades que encaminhem amostras para laboratórios credenciados. A análise será feita mediante a doação de cinco quilos de alimentos não perecíveis, a serem doados para instituições filantrópicas.

Em Aral Moreira, a variedade que apresentou a ferrugem é a V-Max, em cultivares precoces que tiveram o crescimento favorecido pelas chuvas abundantes – que também favorecem o crescimento do fungo causador da praga. A Fundação MS aponta que, neste ano, a confirmação da doença surgiu de forma precoce: enquanto em 2005 a região de Maracaju apresentou casos de ferrugem no dia 2 de dezembro, em 2004 os casos foram confirmados apenas no dia 14 do mesmo mês.

De acordo com o Dourados News, por conta dos novos focos, foi iniciado o treinamento de técnicos para coletar amostras em lavouras comerciais nas regiões de Eldorado, Amambai, Antônio João e Aral Moreira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)