Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018

Últimas Notícias

02/09/2010 13:20

Fernandinho Beira-Mar vai à OAB "contra” fumaça do lixão

Campo Grande News/ Denis Matos

O traficante Luis Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, reclamou à comissão de Direitos Humanos da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) da fumaça causada pelas queimadas no lixão que fica ao lado do Presídio Federal.

O oficio, encaminhado por seus advogados, foi entregue na OAB e redirecionado à Comissão de Meio Ambiente há 5 dias. O presidente da comissão, Abel Costa de Oliveira, disse que irá encaminhar ofício a prefeitura de Campo Grande, solicitando previdências.

“A questão ali não é o incômodo dos presos, apenas, tem muitas pessoas que moram ao redor e ainda há os agentes federais que trabalham no presídio”, explica Oliveira.

O ofício, que já foi assinado pelo presidente da OAB, Leonardo Duarte, deve ser encaminhado hoje à prefeitura.

Correria - Beira Mar está preso, desde 2007, no presídio federal de segurança máxima de Campo Grande, pelos crimes de lavagem de dinheiro e de tráfico de drogas e de armas na prisão. Ele foi condenado a 29 anos e oito meses de reclusão.

É considerado um dos maiores traficantes de armas e drogas da América Latina. Está preso desde o ano de 2002.

O traficante montou gigantesco esquema de lavagem de dinheiro e teria morado no Paraguai, Uruguai, Bolívia e Colômbia, onde se aliou às Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

Foi recapturado pelo exército colombiano, em atuação conjunta com agentes norte-americanos e repatriado para o Brasil em abril de 2001. Na época, era apontado como responsável por 70% das remessas da cocaína distribuída no país.

Em 2002, preso em Bangu I, organizou rebelião com a finalidade de matar lideranças de uma facção criminosa rival.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)