Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/10/2014 16:30

Ferida da Copa está 'cicatrizada', diz David Luiz

Correio do Estado/ Folha press

O vexame do Brasil na Copa permanece um tabu entre os jogadores convocados por Dunga para esta nova fase da seleção. A cada vez que o tema é lembrado pelos jornalistas, o que acontece com frequência, a resposta dada é quase padrão: o que passou, passou. Para o zagueiro David Luiz, um dos símbolos da seleção derrotada por 7 a 1 para a Alemanha, não há mais o que falar sobre o assunto. "Tudo já foi falado e explicado. Já esta cicatrizado", disse o jogador do Paris Saint Germain, que está com a seleção em Pequim para o jogo do próximo sábado contra a Argentina. "Os jogadores novos também tem consciência do que aconteceu e o espírito tem que ser esse, de pensar no que está vindo, não no que já passou, senão a gente fica remoendo muito e esquece de evoluir."

Para alguns dos jogadores que não estiveram no Mundial do Brasil, o tema parece ainda ser tão sensível que é melhor nem tocar nele com os que viveram o vexame em campo. É o caso do atacante Diego Tardelli, que no sábado fará sua terceira partida como titular da seleção. "Faz parte do passado. Eu, particularmente, procuro não perguntar, porque a gente sabe o quanto foi doloroso", diz o atacante do Atlético-MG. "É uma nova seleção e a gente tem que valorizar este momento, com as duas vitórias sob o comando do Dunga. O futebol está dando outra oportunidade aos jogadores que serão convocados a apagar o que aconteceu."

Nesta quinta (9), a seleção faz seu terceiro treino em Pequim. A expectativa é que o técnico Dunga defina o time que começará a partida contra a Argentina. Embora a comissão técnica não tenha dado pistas, a tendência é de que a única novidade em relação ao time que começou os últimos amistosos seja a entrada no meio-campo de Elias, depois dos cortes de Ramires e Fernandinho. O volante do Corinthians disse que a escalação do time que enfrentará a Argentina também ainda é um mistério para ele, mas afirmou estar pronto caso seja escalado. "Quando a oportunidade aparece você tem que estar preparado para render aquilo que te levou a ser convocado", disse Elias.

O jogador confirmou que irá processar por calúnia e difamação quem espalhou os rumores de que o motivo do corte de Maicon teria sido um caso homossexual com ele. "Meus advogados já juntaram a papelada e entraram com a ação", disse Elias, que não quis revelar que, são os alvos do processo. "Quando sair a sentença vocês vão saber".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)