Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/01/2008 06:43

Febre amarela: mulher internada em SP passou por MS

Mariana Jungmann /ABr

Brasília - O Hospital São Luiz, na cidade de São Paulo, confirmou ontem (11) a internação de uma paciente com febre amarela. De acordo com boletim médico assinado pela diretoria clínica do hospital, os exames clínicos, laboratoriais e de imagem afastaram outras hipóteses de diagnóstico.

A paciente foi internada no dia 6 com náuseas, vômitos e mal-estar. Ela está clinicamente estável e apresenta melhora gradativa. Ela esteve no Paraná e em Mato Grosso do Sul entre 27 de dezembro e 3 de janeiro e retornou a São Paulo no dia 4.

Ainda segundo o boletim divulgado pela unidade do Hospital São Luiz no bairro do Morumbi, as autoridades de saúde foram notificadas. Na Secretaria Municipal de Saúde, ninguém foi encontrado para falar sobre o caso.

Em nota oficial divulgada hoje (11), o Ministério da Saúde ressalta que tanto a mulher internada em São Paulo como Graco Abubakir, que morreu vítima de febre amarela na última terça-feira (8) em Brasília, viajaram para áreas de risco e entraram na mata sem vacinação. Segundo o comunicado, até agora esses são os dois únicos casos da doença confirmados em humanos.

De acordo com o comunicado, o ministério recebeu, desde dezembro, a notificação de 15 casos suspeitos de febre amarela. Desse total, além das duas confirmações, três casos foram descartados. O restante das suspeitas está sendo investigado.

O ministério também ressalta que, em macacos, as únicas mortes confirmadas por febre amarela ocorreram em quatro animais nos municípios de Aparecida de Goiás e Jataí, além da capital, Goiânia. Desde dezembro, foram registradas mortes de macacos em 57 municípios goianos, seis municípios do norte de Minas Gerais e no Distrito Federal.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)