Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/10/2008 18:50

Febre Aftosa: Antecipação da vacinação em nada prejudica

Cristiane Sandim

A reunião que discutiu hoje (16) pela manhã a antecipação da vacinação contra febre aftosa no Estado teve como desfecho o esclarecimento sobre a Instrução Normativa Federal/MAPA n.º 44, de 2 de outubro do ano passado. Produtores, frigoríficos e leiloeiras alegam que a aplicação da IN 44 em sua plenitude poderá causar reflexos negativos ao setor.



Para a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias (Seprotur), “a antecipação da vacina em nada prejudica, ao contrário, os próprios produtores entendem que nesse sentido haverá uma redução nos reflexos da aplicação da IN 44”. O fato é que, considerando as diretrizes do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa - PNEFA (estabelecidas pela IN 44), o gargalo estaria na validade da vacinação contra febre aftosa. Para efeito de trânsito dos animais, a imunização tem o seu prazo de validade encerrado no primeiro dia do inicio de uma nova etapa de vacinação, independente da data da última vacinação ocorrida na propriedade (IN 44 - art. 20, II).



Dessa forma, segundo manifestação dos participantes na reunião desta manh㠖 o comércio de animais, exceto abate, fica comprometido principalmente nos primeiros dias da etapa, prejudicando vários setores da economia, notadamente empresas leiloeiras, exposições e produtores rurais que praticam atividade de cria, recria e engorda. Tal situação não ocorria na vigência da antiga normativa, uma vez que era considerada a data de vacina anterior como data base para o trânsito dos animais sem que fosse realizada a efetiva vacinação do rebanho na etapa corrente.



Segundo Tereza Cristina, o Estado entende o problema da classe produtora e irá discutir com o Ministério da Agricultura a viabilidade de ajustes na Instrução Normativa 44 respeitando os aspectos técnicos desta normativa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)