Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/11/2005 14:13

Febre aftosa ajuda elevar preço da carne na Argentina

Inara Silva / Campo Grande News

O preço da carne bovina na Argentina atingiu o Mario preço do ano, sendo que o quilo vivo do gado está em 2,49 pesos no mercado de Liniers (Buenos Aires), onde é comercializada cerca de 20% da carne argentina. No acumulado do ano, a alta de preços é de quase 25%. Segundo reportagem da Folha Online, a elevação do preço deve-se ao aumento da demanda gerado pelo crescimento econômico, pela descoberta de focos de febre aftosa no Brasil e pela ocorrência de gripe aviária em diversos países do mundo.
O governo tem pressionado as empresas e produtores rurais argentinos a não remarcar os preços como forma de conter a inflação e os frigoríficos e supermercados chegaram a firmar um acordo com o governo em que se comprometiam a não reajustar o preço da carne para o consumidor até 15 de dezembro.
No entanto, segundo o jornal "Clarín", três fatores contribuíram para elevar o crescimento de 10% no consumo de carne e manter os preços em alta: 1) o próprio crescimento econômico; 2) a ocorrência da febre aftosa no Brasil, que aumentou a demanda pelo produto argentino; 3) a epidemia de gripe aviária, que tem elevado o consumo da carne bovina.
O governo ameaça aumentar o imposto para a exportação de carne caso o aumento dos preços cobrados no mercado de Liniers seja repassado ao consumidor. As informações são da Folha Online.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)