Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/02/2008 18:00

Fazendas brasileiras aptas a exportar carne para a UE

Kelly Oliveira /ABr

Brasília - O número de produtores de carne bovina a ser submetido à avaliação União Européia pode ser maior do que o anunciado até agora (683) pelo Ministério da Agricultura. Isso porque no dia 14 estará concluído o relatório individual sobre os Estabelecimentos Rurais Aprovados no Sisbov (Eras) e outras propriedades podem ser incluídas até essa data.

O Sisbov é o Serviço de Rastreabilidade da Cadeia Produtiva de Bovinos e Bubalinos e envolve um conjunto de procedimentos para caracterizar a origem, o estado sanitário, a produção e a segurança dos alimentos.


O relatório será entregue em reunião, em Bruxelas, no próximo dia 15, a representantes da União Européia. Na semana passada, o bloco anunciou a suspensão da importação de carne brasileira.
De acordo com o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Inácio Kroetz, a lista entregue à União Européia com cerca de 2,6 mil propriedades visitadas pelos técnicos era preliminar e ainda seria submetida à avaliação individual. Ele explicou que inicialmente o prazo para a análise da documentação de cada fazenda terminava em 15 de março, mas foi antecipado em um mês.

Segundo o secretário, na conferência dos dados das 2,6 mil fazendas visitadas os técnicos detectaram a falta de documentos, como notas fiscais e comprovação de movimentação de animais, por exemplo.

“No momento em que conferimos item por item, ainda faltavam documentos comprobatórios, pequenas não-conformidades ainda não resolvidas”, disse o secretário. Segundo ele, até a próxima segunda-feira (11) os documentos pendentes ainda podem ser enviados ao ministério. “Novas inclusões [de propriedades aptas a exportar carne] ainda podem ser feitas até o dia 11”, explicou.

O número de propriedades que o governo brasileiro pretende submeter à avaliação da União Européia é maior do que o definido no pedido dos países europeus (300). Para o secretário, a União Européia especificou esse número por acreditar que o Brasil não teria condições de auditar todas as fazendas.

“Com a estrutura que eles conheciam de reuniões e visitas anteriores e sabendo das não-conformidades, eles calculavam isso [que o Brasil não teria capacidade para fazer as auditorias]”. Segundo ele, anteriormente, o número de fiscais chegava a cerca de 40 e atualmente é dez vezes maior. “O governo está confiante de que está apresentando uma lista auditada que realmente atende aos requisitos”.

No dia 25 deste mês, os técnicos europeus vêm ao Brasil fazer visitas a essas propriedades. Segundo ele, os europeus devem fazer visitas “a um bom percentual de uma lista de 300 propriedades”.


“Então é melhor fazer em cima de uma amostragem. Os achados deles comparados aos nossos é que vão definir os critérios daí para a frente”, afirmou.

De acordo com o secretário, em um primeiro momento, se o mercado da União Européia for reaberto, somente as fazendas aprovadas poderão exportadas. “Mas logo haverá uma segunda, uma terceira, uma quarta lista até que se consiga, então, voltar à normalidade”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)