Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

02/09/2004 10:06

Fazenda desapropriada pela União não fica em Cassilândia

O site Campo Grande News, acaba de divulgar que a fazenda Mateira, com 3,3 mil hectares, no município de Cassilândia foi desapropriada para fins de reforma agrária. A nossa reportagem pediu informações à Exatoria, bem como ao Iagro. Na Exatoria nada foi encontrado. Um funcionário do Iagro, explicou que conhece uma fazenda com esse nome no município de Chapadão do Sul. A informação do governo, talvez tenha sido equivocada, porque o Chapadão do Sul, foi distrito de Cassilândia e possivelmente na escritura ainda consta como pertencente ao município. No cartório de Registro de Imóveis o funcionário informou que a busca só é possível sabendo o nome do proprietário.
Veja a notícia publicada pelo Campo Grande News, de autoria da jornalista Marta Ferreira:
"Decreto de hoje do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva desapropria a fazenda Mateira, no município de Cassilândia, em Mato Grosso do Sul. A fazenda declarada de interesse social para fins de reforma agrária tem 3,3 mil hectares, conforme o decreto. As regras para desapropriação prevêem que o proprietário receba indenização pelas máquinas, implementos agrícolas e pelas benfeitorias feitas no local. A partir do decreto, o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pode iniciar o processo para ficar com a posse da terra e assentar famílias. "

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)