Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/09/2004 10:06

Fazenda desapropriada pela União não fica em Cassilândia

O site Campo Grande News, acaba de divulgar que a fazenda Mateira, com 3,3 mil hectares, no município de Cassilândia foi desapropriada para fins de reforma agrária. A nossa reportagem pediu informações à Exatoria, bem como ao Iagro. Na Exatoria nada foi encontrado. Um funcionário do Iagro, explicou que conhece uma fazenda com esse nome no município de Chapadão do Sul. A informação do governo, talvez tenha sido equivocada, porque o Chapadão do Sul, foi distrito de Cassilândia e possivelmente na escritura ainda consta como pertencente ao município. No cartório de Registro de Imóveis o funcionário informou que a busca só é possível sabendo o nome do proprietário.
Veja a notícia publicada pelo Campo Grande News, de autoria da jornalista Marta Ferreira:
"Decreto de hoje do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva desapropria a fazenda Mateira, no município de Cassilândia, em Mato Grosso do Sul. A fazenda declarada de interesse social para fins de reforma agrária tem 3,3 mil hectares, conforme o decreto. As regras para desapropriação prevêem que o proprietário receba indenização pelas máquinas, implementos agrícolas e pelas benfeitorias feitas no local. A partir do decreto, o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pode iniciar o processo para ficar com a posse da terra e assentar famílias. "

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)