Cassilândia, Terça-feira, 29 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

23/09/2003 15:26

Farmacêuticos protestam na Assembléia

Beatriz Arcoverde

Cerca de 400 pessoas, entre acadêmicos de Farmácia e profissionais, estiveram na Assembléia Legislativa para protestar contra o Projeto de Lei proposto pelo deputado Ary Rigo (PDT), que concede direito aos técnicos de enfermagem de substituírem os farmacêuticos nas farmácias do Estado.

A Sessão Plenária foi suspensa para que os profissionais se manifestassem. O presidente do Conselho de Farmácia, Antônio José Paniago Neto, foi o primeiro a utilizar a tribuna e destacou a importância de se preservar a profissão, garantindo o direito ao exercício da mesma.

A acadêmica de Farmácia da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Ana Priscila Gimenez Santiago, também falou, defendendo que o projeto não deve ser aprovado pois fere a qualidade da Saúde oferecida aos consumidores.

Já a presidente da Rede Unida de Farmácias, Eliane Moura, detalhou que os profissionais estudam cinco anos, fazem reciclagens e por isso merecem o reconhecimento de seu trabalho.

O projeto está tramitando na Assembléia, na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, aguardando relatório da deputada Simone Tebet (PMDB). O deputado Antônio Carlos Arroyo (PL) informou que o deputado Ary Rigo, ao fazer o projeto, estava com boas intenções e atendendo o pedido dos técnicos de enfermagem. Assim, Arroyo acredita que no momento oportuno Rigo não se negará em negociar a proposta ou até mesmo retirar o projeto.

O deputado Pedro Kemp (PT) também se manifestou: “Tenho certeza que o deputado Rigo será sensível aos pedidos dos acadêmicos, da Rede Unida de Farmácias e do Conselho Regional,” concluiu.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 29 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Segunda, 28 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)