Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/07/2010 13:52

Famílias são convocadas em investigação sobre ossada

Aline Queiroz, Campo Grande News

Os ossos encontrados por adolescente no último dia 3, em um matagal na saída para São Paulo, são de uma pessoa que foi queimada.

Levantamentos feitos até o momento, pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) levam a crer que a ossada estivesse no local há pelo menos um mês, segundo revelou a delegada Regina da Motta.

No crânio havia uma perfuração que aparenta ser sido causada por um tiro.
Ainda não é possível apontar quem é a vítima deste crime.

O exame de DNA pode começar a esclarecer o mistério. A ossada foi encontrada perto no anel viário, na saída para São Paulo, em Campo Grande.

Parte dos ossos foram localizados por um adolescente e recolhidos por policiais da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Equipe da Depca voltou à área e encontrou mais ossos.

De acordo com Regina, toda a pele da vítima foi queimada mas os ossos foram preservados e foi possível reconstituir todo o esqueleto.

A delegada explica que não pode fornecer mais detalhes do caso para não comprometer as investigações.

Ela antecipa apenas que familiares de pessoas desaparecidas foram chamadas à delegacia para que a vítima seja identificada.

No primeiro momento, foi divulgado que os ossos poderiam ser de uma criança ou adolescente.

A delegada esclarece que a vítima pode ter até 26 anos.

Regina pontua que, nesta fase da investigação, pode-se descartar a possibilidade dos ossos pertencerem ao casal de namorados Nayara Lucas, de 17 anos e Wellington dos Santos, de 14 anos, que desapareceram no Bairro Nova Lima em fevereiro de 2009.

Outro crime que é mistério para Polícia é a morte do menino Luis Eduardo Gonçalves, assassinado em dezembro de 2008, cujo corpo também nunca foi encontrado. Apenas vestígios de ossos foram achados em um terreno também na saída para São Paulo em 2009.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)