Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

19/06/2007 15:14

Famílias carentes terão que se qualificar e trabalhar

Sandra Luz - Campo Grande News

Os beneficiários dos programas oficiais do governo de Mato Grosso do Sul terão que fazer cursos de qualificação profissional e prestar serviço na comunidade para continuar recebendo a ajuda. Os critérios foram divulgados nesta terça-feira, dia 19, no site oficial de notícias do governo.

As famílias tiveram os benefícios suspensos desde janeiro sob alegação de falta de recursos para a continuidade do pagamento e levantamento do total de dependentes. Segundo al Setass (Secretaria de Assistência Social e Economia Solidária), entre 30 mil e 40 mil famílias devem ser cadastradas para continuar recebendo a ajuda oficial.

Os beneficiários, porém, serão submetidos a cursos profissionalizantes como forma de redução da dependência do governo. Pelo menos um membro da família terá que atuar junto à comunidade. Entre os serviços prestados, segundo a Setass, está o de agente comunitário de saúde em ações de combate e prevenção à dengue e leishmaniose.

A secretária Tânia Garib disse que muitas irregularidades foram encontradas em projetos da Setass. “No programa bolsa universitária tinha gente fora das universidades cadastradas para receber o benefício. Pessoas que não precisam recebendo cestas básicas”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)