Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/07/2007 13:30

Família morre em em tragédia anunciada

José Ribamar Trindade/24horasnews

Pai, mãe e filha de apenas dois anos de idade mortos. A tragédia anunciada aconteceu no mesmo local onde cinco pessoas: quatro mulheres e um homem morreram no ano passado. A garotinha Maria Eduarda morreu no final da noite de ontem. A mãe morreu prensada entre as ferragens do carro em que a família viajava. O pai morreu horas depois no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC).

A tragédia aconteceu por volta das 6 horas da manhã de ontem no retão da Avenida Archimedes Pereira Lima (antiga estrada do Moinho”, passando a ponte do Rio Coxipó, quase em frente ao Clube dos Médicos. Outras três pessoas continuam hospitalizadas e uma ainda desta em estado grave.

Morreu no local Regiane Ferreira Lopes Rodrigues, de 33 anos. O marido dele, o motorista de um veículo Modelo Pariti, Cloude Marques Rodrigues, 34, morreu logo em seguida no PSMC. A filha do casal, Maria Eduardo, sofreu ferimentos graves, inclsuive traumatismod e crânio. A menina nãa resistiu aos graves ferimentos e também foi a óbito.

O pai de Cloude, Raimundo Nonato Rodrigues e a jovem Luciene de Arruda do Espírito Santo, sofreram ferimentos generalizados e continuam hospitalizados. O motorista do segundo veículo, uma Pick-up Strada envolvida no acidente, Eduardo Mariano de Almeida também foi levado para o PSMC, mas está fora de perigo.

A Polícia ainda não sabe as causas do acidente. Os dois veículos trafegavam em sentidos opostos quando aconteceu a tragédia. A família que estava no Parati estava saindo de Cuiabá de férias com destino a Goiânia, em Goiás.

As três mortes violentas chocaram a população de Cuiabá. No mesmo local, outras cinco pessoas morreram no ano passado. Na época houve muito protesto, principalmente reclamações sobre as condições da pista, sem acostamento, sem iluminação e sem sinalização.

“Essa pista é muito perigosa, juntamente porque é de mão dupla e por não existe sinalização adequada. Por isso estão acontecendo seguidos acidentes, graves, leves e fatais. Alguém tem que fazer alguma coisa para mudar essa triste realidade, caso contrário muita gente ainda vai perder a vida tragicamente”, alertou um policial que não quis se identificar.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)