Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

06/08/2004 10:31

Família de brasileiro preso na Indonésia quer sua volta

Lúcia Nórcio/ABr

A família do paranaense que pode ser condenado à morte por tentar entrar na Indonésia com seis quilos de cocaína escondida em pranchas de surfe está solicitando o apoio do governo brasileiro para que ele seja transferido para o Brasil e julgado de acordo com as leis do país. A mãe de Rodrigo Goularte, Clarrisa Goularte, disse que só soube da prisão na última terça-feira (3/8) e que sofre com a falta de informações sobre a real situação do rapaz.

Rodrigo Goularte foi preso no último sábado (31/7) no aeroporto de Jacarta, rumo a Bali, com dois amigos, levando oito pranchas de surfe onde estava escondida a droga. Ele foi preso juntamente com outros dois amigos brasileiros, que foram liberados. Rodrigo, de 32 anos, passou sem problemas por outros três aeroportos com a droga: em Johannesburgo, na África do Sul, em São Paulo e em Curitiba, onde embarcou levando as pranchas que havia trazido de carro de Florianópolis, onde mora.

Nascido em Foz do Iguaçu e estudando Administração em Santa Catarina, o rapaz sempre gostou de surfe e por duas vezes foi internado em clínicas para dependentes de drogas, mas nunca foi preso. Na Indonésia, a lei pune os traficantes com a morte. Os condenados são executados por um pelotão de fuzilamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Agosto de 2017
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)