Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/01/2010 19:21

Família cancela pacote para pousada que ficou soterrada

Bruna Girotto

A falta de hospital perto da Pousada Sankai, em Ilha Grande, foi o único motivo que fez Mário Marques, sua esposa e a filha de 10 meses não estarem entre as vítimas que foram soterradas nesta madrugada.

Conforme escreveu em seu blog, quando estava acessando o site do banco para efetuar a transferência a esposa de Mário questionou se havia hospital na ilha. Como não havia, ela se recusou a ir, por causa da bebê.

"Eu ainda tentei demovê-la. Argumentei que Angra era muito próxima de barco e que não haveria problema nenhum. Mas ela insistiu. Disse que achava arriscado. Então viramos o leme, desistimos do depósito e partimos para um hotel-fazenda no Sul de Minas", escreveu.

"Hoje de manhã, atônitos com a notícia da tragédia, olhamos para nossa bebê sorridente como nunca. Tiramos a carcaça da racionalidade, do dizer apenas “Ufa, que sorte”, para ampliarmos a reflexão sobre como pequenas decisões interferem no rumo de nossas vidas. Para mim, o sorriso aberto de minha filha hoje era algo como: “Parabéns, mãe, você salvou a gente”. A pieguice de pensamentos como esse, muitos devem achar, é muito menor diante da felicidade que sinto por poder estar com minha família sã e salva", finalizou.

Eles iriam ficar, entre 29 de dezembro a 03 de janeiro, na Suíte Cavalo Marinho, da Pousada Sankai. A suíte localizava-se nos fundos da pousada, sem vista para o mar, no andar de baixo. O valor do pacote era de R$5.300,00 (cinco mil e trezentos reais).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)