Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/10/2005 14:32

Famasul questiona suspensão de recursos para produtores

Paulo Fernandes / Campo Grande News

A diretoria da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) questionou a atitude de instituições financeiras que suspenderam a liberação de recursos para produtores rurais, de contratos já aprovados e assinados. A Famasul e a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) entraram em contato com a Comissão de Agricultura da Câmara, através do deputado federal Waldemir Moka (PMDB) e solicitaram uma audiência com o Conselho Monetário Nacional para pedir uma explicação sobre a suspensão.

De acordo com o presidente da Famasul, Léo Brito, a suspensão de crédito para os produtores rurais ocorre em um período crítico, visto que, além da crise da pecuária – provocada pela confirmação de aftosa na região sul do Estado -, os produtores estão na época de plantio da safra 2005/2006.

Brito disse que na semana passada, quando participou de audiência com o presidente Luis Inácio Lula da Silva, juntamente com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e outras autoridades, solicitou um tratamento diferenciado para os produtores rurais de Mato Grosso do Sul, e que esperava com isso apoio e não castigo. As informações são da assessoria de imprensa da Famasul.

O setor da carne de Mato Grosso do Sul contribui com R$ 1,2 bilhão por ano na balança comercial do Brasil. A cadeia produtiva de carne injeta R$ 20 milhões da receita mensal do ICMS para o Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)